sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Polícia britânica detém jovem por roubar sinal Wi-Fi do vizinho

Ele foi liberado depois de prestar depoimento por quase três horas. No Brasil, advogados dizem que uso indevido pode ser considerado crime.
A polícia de Lincolnshire, na Inglaterra, deteve um jovem de 16 anos que teria usado sem autorização a rede Wi-Fi de seu vizinho. As autoridades chegaram até ele depois que o dono da conexão sem fio à internet fez uma reclamação, desconfiado da lentidão de seu acesso à web.

Segundo o site de tecnologia "The Register", que publicou a notícia nesta quinta-feira (30), a polícia foi até a casa do jovem no dia 5 de outubro. Ele foi detido e questionado por quase três horas pelas autoridades, até que seu pai interveio e ele foi liberado.

Dez dias depois, o jovem recebeu em sua casa uma carta dizendo que nenhuma ação legal seria tomada. Como o texto não trazia mais explicações, o pai do garoto fez uma reclamação formal acusando as autoridades de realizarem uma detenção ilegal.

O britânico detido comprou em abril um laptop com sistema Wi-Fi e também utiliza outros equipamentos de conexão sem fio à web. Ele admite que pode ter acidentalmente selecionado a rede errada na hora de se logar, usando assim a do vizinho. O "Register" afirma que uma rápida análise indica a existência de outras sete redes na mesma área, sendo duas delas desprotegidas (podem ser facilmente usadas sem autorização).

Especialistas brasileiros em direito digital alertam que o uso de redes privadas sem autorização também pode, eventualmente, ser considerado crime no país. Ainda não há no Brasil, entretanto, uma lei específica para tratar o uso não-autorizado de sinais de Wi-Fi. Segundo a advogada Patricia Peck, o uso das redes pode ser tratado, por analogia, como furto de sinal: isso já acontece quando alguém faz um 'gato' para ter acesso ao sinal de TV, telefone ou energia elétrica.

Leia também:
Roteador desprotegido cria rede de 'internet sem fio grátis' em São Paulo Wi-Fi roubado pode levar dono da rede à Justiça, diz advogado Cuidados simples reforçam segurança de rede Wi-Fi; aprenda

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Carregando o Elefante!!!

Alguma vez você já teve a sensação de que existe algo profundamente errado com o Brasil?

Sob as camadas de corrupção, miséria e violência, estampadas nos jornais, já se perguntou se não existe uma solução para tudo isso?

Já tentou imaginar o País se as coisas fossem diferentes?

Carregando o Elefante (http://www.carregandooelefante.com.br/) é uma jornada para o entendimento dessas engrenagens, para compreender realmente como funciona o Brasil e quais são os verdadeiros problemas que devem ser resolvidos.

Esse livro não se contenta em apontar os problemas. Para cada assunto tratado, indica soluções concretas e possíveis, ainda que bastante incomuns em alguns casos. Nem todos irão concordar com os polêmicos pontos de vista expostos neste livro. No entanto, é impossível deixar se sentir tragado pela lógica dos argumentos, a honestidade das análises e pelos pontos de vista aqui expostos.

Carregando o Elefante desafia cada leitor a mudar a sua forma de ver a política, a economia e o seu próprio papel na sociedade.

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

MANCHETES ESPORTIVAS DOS JORNAIS DE 2009

11 de maio: Vasco estréia confiante contra o ABC.

18 de maio: Vasco será todo ataque contra o Ceará.

25 de maio: Renato Gaucho: "Não tem mais bobo na série B".

1 de junho: Gigante da Colina busca a recuperação contra o Gama em São Januário.

10 de junho: Vasco tenta quebrar jejum contra o Avaí fora de casa.

11 de junho: Antônio Lopes assume o Vasco.

20 de julho: Vasco sonda jogadores experientes para jogar a série B.

26 de julho: Atacante Luizão: "é um sonho voltar ao Vasco".

03 de agosto: Vasco tem parada duríssima em Joinville.

10 de agosto: Eurico, diretor de futebol diz: "Vencer o Fla de Piauí é o mesmo que um título".

16 de agosto: Bacalhau precisa da vitória contra o Fortaleza.

10 de setembro: "Temos que manter a calma", diz Lopes, sobre a partida contra o América de Natal.

15 de setembro: Vasco contrata jogadores com experiência: "Bismarck e Donizete Pantera se apresentam e estão dispostos a ajudar".

25 de setembro: Edmundo admite: "Jundiaí é favorito".

1 de outubro: Vascão tenta a primeira vitória contra o Vila Nova

10 de outubro: Vasco traz Marcelinho Carioca e Tuta para jogo contra o Bahia.

15 de outubro: "O importante é manter a cabeça erguida", diz Antonio Lopes.

20 de outubro: Vasco traz Romário para acabar com o jejum de gols.

25 de outubro: Vasco vai para o tudo ou nada contra o Santo André.

26 de outubro: Renato Gaúcho assume de novo e muda tudo.

1 de novembro: Vasco faz o jogo dos desesperados contra o Brasiliense.

5 de novembro: Viola chega e avisa: "Não sou o salvador da pátria. Estou aqui para somar".

10 de novembro: Gigante da Colina busca milagre em Bragança.

15 de novembro: "Vamos jogar com o coração", promete Edmundo.

20 de novembro: Dinamite descarta virada de mesa. "Vamos para a Série C com dignidade".

HOMEM PERFEITO... Segundo JÔ SOARES!

video

Se me faltava motivos para não ser perfeito, agora tenho todos!!!

TV Gratis pela Internet

Agora com GLOBO, SBT e Vários novos canais!

Assistir TV Digital pelo computador SEM PAGAR NADA e SEM BAIXAR NENHUM
PROGRAMA. É possível? Agora é!

www.comovertv.4d2.net - é o site TV Digital Web.

Quem não gostaria de ver algum programa ou ouvir uma rádio enquanto trabalha
ou diverte-se no computador? É só acessar o site www.comovertv.4d2.net!!!

Diversos canais da TV Aberta e até mesmo da TV A CABO. É possível assistir
em Tempo Real sem pagar nada, sem baixar nenhum programa, com apenas 1
clique. Também inclui diversas Rádios online.

domingo, 26 de outubro de 2008

Meu sogro, um poeta...

Você é como a gota de chuva

Você é como a gota de chuva
que cai (cristalina)
É como a suave brisa
que vai (ainda menina)
Deixando um sinal
Que com a luz de meu olhar
Um arco íris irá de formar
E nesse colorido de luz
Você me seduz
Me leva a sonhar
Com um longo beijo
É tanto desejo
De ter-te nos braços
E entre muitos abraços
Sentir teu calor
Suave odor
De fêmea no cio
São tantos desejos
Que até me arrepio
Ah! coração falador!
Porque não fica calado
Segredos guardados
De um sonhador!

PEDRO AUGUSTO NESPOLI

terça-feira, 21 de outubro de 2008

O melhor artigo sobre o sequestro de Santo André

Marli Nogueira*

Tenho ouvido as mais disparatadas opiniões a respeito do seqüestro em Santo André, inclusive de pessoas que, em razão de sua autoridade, tinham a obrigação de não ser tão superficiais. Há quem diga, por exemplo, que ele resultou de uma "arraigada cultura machista". Mentira! Ele resultou, isso sim, de uma paixão, doença da alma que, na ausência de antídotos fortes que só podem ser produzidos mediante uma excelente formação moral que dê estrutura ao indivíduo, acaba extravasando de seus bordos e causando tragédias como essa. Paixão, como essas autoridades deveriam saber, deriva do termo grego pathos, que significa exatamente "doença". Dele vêm os demais termos ligados ao mesmo tema, como "patologia" e "patológico". E, como doença da alma, pode acometer homens ou mulheres. Aliás, não são tão raros assim os casos de mulheres que matam seus maridos por ciúmes, exatamente como fez o rapaz de Santo André. Pretender utilizar esse caso para estimular mais desavenças, colocando mulheres contra homens, é, no mínimo, uma irresponsabilidade.

Outra opinião completamente distorcida é a de que o crime decorre da "permissão exagerada" do uso de armas. Mais uma mentira da grossa! Ou será que alguém imagina que o seqüestrador- assassino comprou a sua arma em um estabelecimento comercial autorizado, mediante a apresentação do porte de armas e, ainda por cima, a registrou regularmente? Ele mesmo afirmou que "comprar uma arma é facílimo". E é mesmo. Basta contatar um bandido qualquer, pagar-lhe o preço solicitado e pronto. Esse papo de desarmamento (que fatalmente voltaria à baila após o "sucesso" da Lei Seca) é conversa mole para boi dormir. O Brasil somente poderá aceitar uma política de desarmamento no dia em que o governo conseguir impedir por completo a entrada de armas contrabandeadas no país. E não só isso. Deverá, primeiro, retirar as armas de todos os bandidos. Onde já se viu deixar a população desarmada em meio a milhares (ou milhões, talvez) de bandidos que as utilizam para matar cada um de nós? Desproteger os justos enquanto não se toma medida alguma contra os injustos é o cúmulo da injustiça.

Não sejamos hipócritas! Na verdade, o grande responsável pela morte da adolescente Eloá foi o "politicamente correto", esse assassino invisível de valores, que tantas conseqüências desastrosas já acarretou. Se a sociedade entendesse que o correto é punir o agressor e defender a vida da vítima, ela certamente não estaria morta agora. Seu seqüestrador sim, poderia estar em seu lugar. É exatamente para preservar a vida da vítima em mãos de bandidos como ele que a polícia possui atiradores de escol. Mas ai da polícia se resolvesse se valer de algum desses atiradores para, à custa da vida de seu seqüestrador, salvar a menina-refém! Toda a turma dos Direitos Humanos e dos defensores do Estatuto da Criança e do Adolescente estaria, agora, vociferando contra a instituição.

Essa gente parece não compreender que a partir do momento em que alguém decide, deliberadamente, infringir todas as regras da boa convivência, deve arcar com os custos dessa decisão. Punir os maus e defender as suas vítimas não é favor algum, mas uma obrigação. Até os antigos gregos já sabiam disso. Ensina Platão que quando Hermes indagou a Zeus se deveria distribuir a arte da justiça e do respeito a todos os homens, indistintamente, este respondeu: "A todos. Que todos os compartilhem, porque as Cidades não poderiam surgir se apenas poucos homens os detivessem, assim como acontece com as outras artes. Aliás, em meu nome, estabeleça como lei que aquele que não sabe compartilhar o respeito e a justiça seja morto como um mal da Cidade".

Mas como há séculos a humanidade vem se afastando cada vez mais dos valores que plasmaram a nossa civilização, a própria vida se encarrega da cobrar-lhe por esse desatino, e de maneira impiedosa. Casos como esse só podem mesmo resultar em tragédias, com imensa dor não apenas para a família das vítimas, como para todos os homens e mulheres de bem que ainda se pautam pelos poucos valores que ainda nos restam. Mas esses casos não constituem mais novidade alguma. Cada vez se tornam mais freqüentes e também mais violentos. E assim continuará sendo até que a sociedade, cansada de iniqüidades e dos discursos retóricos que lhes dão ensejo, resolva pôr um basta a esse estado de coisas, retomando os valores que permitiram sua agregação. E um deles é, justamente, o de fortalecer (em todos os sentidos) aqueles que, como a polícia, existem para protegê-la.

*A autora é Juíza do Trabalho em Brasília

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Para a turma que vai para o 2º turmo... Ainda é tempo para votar com cidadania!

Na minha humilde posição de BRASILEIRO (Participante!), sonhando com o dia em que as pessoas aproveitarão melhor esta oportunidade de votar, resolvi escrever o pouco que entendo sobre política.

Não quero aqui bancar um candidato, mas mostrar os pontos determinantes que me ajudam a escolher o meu!

· Um candidato nunca está só.

Procure saber quem financia as campanhas e quem são as pessoas por trás delas - do cara que assina os cheques ao sujeito que faz a segurança. Os apoiadores têm interesses, sejam legítimos ou ilegítimos, e a dedicação a um político não é gratuita, há sempre algum tipo de troca. Isso pode parecer uma coisa feia, mas não é, é assim que funciona a democracia, setores organizados da sociedade em busca de um objetivo, de um interesse comum. O que tem que se observar é se esses objetivos e interesses são ou não éticos e morais.

· Vote em quem está mais próximo dos seus interesses.

Se você é um carteiro, vote em quem promete olhar pelos carteiros. Se você é uma empregada doméstica, vote em quem promete olhar pelas empregadas domésticas. Mas nunca, nunca esqueça o primeiro item desta lista.

· Não confunda política com futebol.

Futebol é um entretenimento, que você pode aproveitar com paixão. Mas se o seu time perde, isso não vai afetar sua vida, não vai mudar a quantidade de comida na sua mesa. Política deve ser vista com frieza, racionalidade e muito cuidado. Um mal político pode afetar sua vida de forma direta e irremediável. Escolha em como votar da mesma forma que você escolheria uma geladeira nova: ela deve cumprir com o prometido na embalagem da melhor forma possível e por um preço que você possa pagar. Na verdade, escolha um político melhor do que você escolheria uma geladeira; elas têm assistência técnica e dá para devolder, políticos não.

· Nunca confie em quem não tem um plano de governo.

Esse cara é, muito provavelmente, um picareta ou, no mínimo, um irresponsável aventureiro;

· Um candidato que compra votos não respeita o eleitor.

Se ele não respeita o eleitor durante a campanha, não respeitará depois dela;

· Não tenha a menor vergonha em votar em branco ou nulo.

A idéia do “não jogue seu voto fora” é uma falácia criada pelos candidatos para aproveitar seu voto de qualquer forma. Se você não encontrou em quem votar, simplesmente vote em branco, anule ou não vote (por experiência própria, a multa por não votar, em alguns casos, não paga nem a gasolina ou passagem de ônibus que você gastaria indo para a seção eleitoral). É bem melhor fazer isso do que eleger quem não vale nada. E votos desse tipo, sem candidato ou de protesto, também fazem parte do processo democrático, você tem todo direito de estar insatisfeito.

· Não vote em quem não consegue explicar as próprias propostas de campanha.

Ou ele entende pouco do que está falando, ou as propostas não são totalmente claras e, portanto, pouco estudadas e planejadas, ou ele simplesmente não quer dar qualquer satisfação sobre elas.

BOM SEGUNDO TURNO!!!

A explicação da crise americana em língua 'brasileira'... entendendo a complexidade da crise subprime americana.

Esta eu recebi por e-mail, enviado por "Marcelo Matos" - mmatos.mmds@gmail.com. MUITO CRIATIVO!!!

É mais ou menos assim:

O seu Biu tem um bar, na Vila Carrapato, e decide que vai vender cachaça 'na caderneta' aos seus leais fregueses, todos bêbados, quase todos desempregados.

Porque decide vender a crédito? Assim ele pode aumentar um pouquinho o preço da dose da branquinha (a diferença é o sobrepreço que os pinguços pagam pelo crédito).

O gerente do banco do seu Biu, um ousado administrador formado em curso de emibiêi, decide que as cadernetas das dívidas do bar constitui, afinal, um ativo recebível, e começa a adiantar dinheiro ao estabelecimento tendo o pindura dos pinguços como garantia.

Uns seis zécutivos de bancos, mais adiante, lastreiam os tais "recebíveis" do banco, e os transformam em CDB, CDO, CCD, UTI, OVNI, SOS ou qualquer outro acrônimo financeiro que ninguém sabe exatamente o que quer dizer.

Esses adicionais instrumentos financeiros, alavancam o mercado de capítais e conduzem a que se façam operações estruturadas de derivativos, na BM&F, cujo lastro inicial todo mundo desconhece (as tais cadernetas do seu Biu ).

Esses derivativos estão sendo negociadas como se fossem títulos sérios, com fortes garantias reais, nos mercados de 73 países.

Até que alguém descobre que os bêubo da Vila Carrapato não têm dinheiro para pagar as contas, e o Bar do seu Biu vai à falência... E toda a cadeia financeira sifu.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Sonho é foda!

Quem acompanha minha história sabe bem que não sou fã de carteirinha de motos custom. Pra dizer a verdade, tem um modelo que considero um dos sonhos de consumo inalcançáveis que é a Yamaha Roadstar 1200, que vem com aquele maravilhoso motor V4 da V-Max... Mas a Honda Shadow 750 não atrás!!!

É uma escolha difícil. Põe difícil nisso! As duas opções de custom estradeira, Honda Shadow 750 e Yamaha Dragstar 650 são motos de diferentes categorias que deixariam feliz qualquer maníaco por estradas. Motores de dois cilindros em V, grande distância entre-eixos, pedaleiras avançadas, banco largo e rodar silencioso. São muitas as características comuns entre as duas, porém apresentam mais diferenças do que semelhanças.

A começar pelo estilo, que merece um bom detalhamento. Apesar de muito parecidas, elas são de concepção diferentes. Repare na Dragstar (prata), se traçar uma linha entre a coluna de direção e as traves laterais do quadro, o caminho vai em direção ao eixo traseiro. Essa é uma característica típica chopper, reforçada pela roda dianteira de 19 polegadas e ângulo de cáster mais aberto. Este é um estilo mais esportivo, se é que podemos usar esse termo para definir esse tipo de moto. Facilita a tomada de curva por causa do pneu dianteiro mais fino, mas compromete parte do conforto por causa do banco do garupa com pouca espuma. Tudo em nome de um estilo! Acompanhando a linha do banco, nota-se que o banco do garupa é curvo para “copiar” a forma do pára-lama traseiro, terminando de forma harmoniosa, que lembra um rabo de pato.
Para reforçar a imagem chopper, na Dragstar o monoamortecedor traseiro fica escondido, provocando a impressão de ser uma clássica “rabo duro”. Felizmente não tem nada de duro, porque a suspensão segura bem as nossas buraqueiras. Na Shadow (vermelha) a opção pelos dois amortecedores traseiros cromados também visa aumentar a identificação com a moda custom. Com cinco regulagens, apresenta a vantagem de se adequar a cada tipo de piso ou carga. Em ação, ambas são muito parecidas no que diz respeito ao conforto, com ligeira vantagem para a Shadow por causa dos amortecedores reguláveis, banco mais largo e com maior camada de espuma.
A Honda Shadow 750 adota o estilo custom clássico. O banco segue a linha do tanque, em uma reta horizontal, terminando no assento do garupa com mais espuma e no pára-lama exagerado, que lembra as clássicas Indian dos anos 50. É uma questão de estilo que se revela atual graças à moda retrô que parece ter tomado conta de tudo. A Honda preferiu a roda dianteira de 17 polegadas e pneus mais largos. Ao contrário da primeira impressão ao pilotar a Shadow na apresentação, (leia link http://www.motonline.com.br/testes/teste-chopper.html) realizada debaixo de um toró pré-diluviano, ela insere bem nas curvas, porém as pedaleiras raspam muito facilmente, por ser mais baixa. O vão livre do solo é de 130 mm, enquanto na Dragstar é de 140 mm.
O mais curioso desta análise de estilo é que a Yamaha tem a sua Dragstar 650 Classic, estilo custom, muito mais bonita e confortável do que a versão nacionalizada, e a Honda também tem a sua Shadow em estilo chopper, mas por questões de estratégia cada uma decidiu por comercializar no Brasil apenas uma versão. Decidir qual das duas é mais bonita é uma questão meramente pessoal.
Bom... São estilos diferentes que não podem ser avaliados de forma subjetiva. Como está escrito lá no primeiro parágrafo: que decisão difícil!

Diga SIM ao diploma

video

Meu sogro, um poeta...

Mais uma do pedão!!!

A poesia, no seu sentido mais restrito, parte da linguagem verbal e, através de uma atitude criativa, transfigura-a da sua forma mais corrente e usual (a prosa), ao usar determinados recursos formais. Em termos gerais, a poesia é predominantemente oral - mesmo quando aparece escrita, a oralidade aparece sempre como referência quase obrigatória, aproximando muitas vezes esta arte da música. Conceitos em que meu sogro é um verdadeiro mestre!


3 do Metrô do Rio de Janeiro no Projeto Piloto de Investimentos (PPI)

O ministro das Cidades, Marcio Fortes, defendeu hoje a inclusão da construção da Linha 3 do Metrô do Rio de Janeiro no Projeto Piloto de Investimentos (PPI) do governo federal. A inclusão garantiria a aplicação de recursos necessários para a execução da ligação entre Niterói e São Gonçalo, trecho inicial da linha, que irá de São Gonçalo ao Centro do Rio de Janeiro.
A idéia de inclusão no PPI havia sido apresentada pelo governador eleito do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo Marcio Fortes, estão sendo estudadas duas possibilidades. A primeira é através da ampliação do
PPI para abarcar novos projetos.Outra forma é remanejar recursos de projetos do Ministério das Cidades já incluídos no PPI, como as obras dos metrôs de Belo Horizonte e Recife. “Essas duas possibilidades seriam apenas o pontapé inicial. Cabe depois ao governo do estado discutir com o governo federal, como seria a engenharia financeira para seguir a obra”, disse Fortes.O ministro destacou que a linha 3 tem importância estratégica por passar nas proximidades do pólo petroquímico de Itaboraí, que será construído nos próximos anos. “Com a criação do pólo petroquímico, temos que ter uma alternativa de transporte para quem vai construir e depois trabalhar no pólo. Até para desafogar a linha rodoviária existente”, afirmou.A linha tem dois trechos. O primeiro ligará a localidade de Guaxindiba, em São Gonçalo, até o Centro de Niterói, e tem um orçamento previsto de R$ 1,12 bilhão.

O segundo trecho, a ser construído posteriormente, ligará Niterói ao Centro do Rio, através de um túnel de 5,5 quilômetros que passará por baixo da Baía de Guanabara, com o custo de R$ 1,87 bilhão.De acordo com a Secretaria Estadual de Transportes, responsável pelo Metrô fluminense, se o dinheiro for disponibilizado a partir do início de 2007, será possível fazer o projeto em oito meses e iniciar as obras já no segundo semestre do próximo ano.
A construção do trecho Guaxindiba-Niterói tem previsão de término no prazo de três anos e meio. Segundo o futuro secretário de Transportes do Rio de Janeiro, deputado federal Julio Lopes, o governador eleito e atual senador, Sergio Cabral, deverá propor uma emenda parlamentar para disponibilizar mais de R$ 100 milhões do orçamento da União para o projeto da Linha 3. Cabral também deve começar a conversar amanhã, com a direção do Banco Mundial, sobre a possibilidade de financiamentos.


Fonte: drslemos_rj@yahoo.com.br







































































































































































































































































































































































































































































































































Corrida Mortal (Death Race)

A película é uma refilmagem do cult “Death Race 2000”, de 1975 (Ano em que eu nasci!), estrelada por David Carradine (“Kill Bill”). Neste remake, Jason Statham ("Carga Explosiva")encarna Jensen Ames, um condenado que é forçado por uma carcerária (Joan Allen, de “A Supremacia Bourne”) a competir no esporte mais popular do mundo pós-industrial: uma corrida de carros em que prisioneiros devem brutalizar e matar um ao outro para alcançar a vitória.

Extras: Presente no festival Comic-Con, o produtor e cineasta Roger Corman ("O Corvo"), responsável por produzir "Death Race 2000", de 1975, elogiou o longa baseado em seu projeto original. Corman disse que o novo "Death Race" é melhor do que o filme que ele produziu há mais de três décadas. Paul W.S. Anderson ("Alien Vs. Predador"), diretor da nova versão da película, comentou o roteiro. "A trama que contamos no filme acontece antes dos eventos mostrados no outro filme", explica. A idéia de Anderson é mostrar a história do surgimento do esporte automobilístico mortífero e violento, contando como tal atividade passou de crime à esporte legalizado. O diretor adiantou que existe a possibilidade de se produzir uma continuação para o longa. Integram também o elenco os atores Ian McShane (“Scoop - O Grande Furo”), Jacob Vargas (“Viagem Maldita 2”) e Max Ryan (“A Liga Extraordinária”).

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Uma aula de "aprendizagem organizacional" da TVE

O negócio da Ludwig Aprendizagem é Educação corporativa. Sua missão é a melhoria dos processos de aprendizagem organizacional dos nossos clientes.

video
Fote: Luciana Gemente Martins

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Gretchen, Rita Cadillac e ex-BBs recebem menos de 600 votos

Gente... O mundo está acabando... Olha isso!

Volkswagen Polo ganha motor 2.0 flex

O motor 2.0 com tecnologia flex chegou à linha do Volkswagen Polo. A novidade está presente na versão esportiva do hatch, a GT (R$ 55.400), e a topo de linha do sedã, a Comfortline 2.0 (R$ 56.490) – que também continua disponível com o motor 1.6 flex (R$ 54.690).

Lula batiza plataforma e participa de premiação cultural no Rio

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva virá ao Rio nesta terça-feira (7) para cumprir três compromissos. Na parte da manhã, o presidente irá a Angra dos Reis, na região Sul Fluminense, para batizar a plataforma semi-submersível P-51.

IBGE encerra inscrições para 332 vagas de analista: R$ 4 mil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) encerra nesta segunda-feira (6) as inscrições para o processo seletivo simplificado que oferece 332 vagas para analista censitário. Os candidatos selecionados trabalharão no planejamento do Censo 2010 por um período de até 12 meses, prorrogável por, no máximo, mais 12. A remuneração mensal será de R$ 4 mil, além de auxílio-alimentação, auxílio-transporte, férias e 13º salário, por 40 horas de trabalho semanais.

Asteróide deve colidir com a Terra na noite desta segunda-feira

Quando todos acham que o mundo parece estar para acabar, vem a notícia: um pequeno asteróide, descoberto há poucas horas por um observatório do Arizona (EUA), deve colidir com a Terra às 23h46 desta segunda-feira (6). Mas, a despeito de quaisquer temores, não há perigo algum, segundo os astrônomos. Ele é dos pequeninos e deverá queimar por inteiro na atmosfera. 

Johnny Depp pode se tornar mais bem pago de Hollywood

O tablóide inglês “The Sun” publicou reportagem nesta segunda-feira (6) afirmando que Johnny Depp receberá 32 milhões de libras (mais de R$ 122 milhões) para encarnar pela quarta vez o capitão Jack Sparrow, na continuação de “Piratas do Caribe”.

A quantia deve levar o ator para o topo da lista dos mais ricos de Hollywood -superando Will Smith, que foi nomeado pela revista “Forbes” como o ator mais rico.

domingo, 5 de outubro de 2008

Candidata que fez campanha com número errado recebeu 6 votos no RS

Olha isso... A professora aposentada Cinara Salles Mioso, de 53 anos, recebeu apenas seis votos na disputa para a Câmara Municipal de Pejuçara, a 360 quilômetros de Porto Alegre.


A candidata havia usado o número errado em toda a sua campanha eleitoral no município de 4 mil habitantes. Ao invés de 13.612, ela fez a campanha com o número 13.162.


Fonte: G1

Paramount oficializa desligamento de Spielberg

O estúdio americano de cinema Paramount Pictures (grupo Viacom) oficializou neste domingo (5) a saída do cineasta Steven Spielberg, que fundará um novo estúdio em sociedade com o grupo indiano de telecomunicações Reliance ADA.

 

Já havia notícias sobre a nova parceria do cineasta americano e também a respeito de um suposto desligamento da Paramount. Em junho, o "Wall Street Journal" publicou reportagem falando da negociação, que daria a Spielberg dinheiro suficiente para financiar o desligamento da equipe da DreamWorks (que pertence a ele) dos estúdios Paramount Pictures.


Fonte: G1

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Reforma ortográfica pode reeditar bug do milênio

O que a reforma tem a ver com a tecnologia e a internet? Algum impacto certamente será causado para quem produz e utiliza sistemas que envolvem traduções, dicionários e regras ortográficas em sua operação.

Leia mais: http://webinsider.uol.com.br/index.php/2008/10/01/reforma-ortografica-pode-reeditar-bug-do-milenio/

Meu sogro, um poeta...


A poesia, no seu sentido mais restrito, parte da linguagem verbal e, através de uma atitude criativa, transfigura-a da sua forma mais corrente e usual (a prosa), ao usar determinados recursos formais. Em termos gerais, a poesia é predominantemente oral - mesmo quando aparece escrita, a oralidade aparece sempre como referência quase obrigatória, aproximando muitas vezes esta arte da música. Conceitos em que meu sogro é um verdadeiro mestre!


quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Nota sobre novas descobertas de petróleo

Esclarecimentos da Petrobras sobre a obrigatoriedade de "notificação de indícios de hidrocarbonetos" à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e sobre notícia veiculada no Broadcast da Agência Estado sob o título "Petrobras Comunica Novas Descobertas de Petróleo à ANP".

Os contratos de concessão de blocos exploratórios firmados com a ANP determinam que qualquer indício de petróleo, gás natural ou outros hidrocarbonetos, dentro da área de concessão, seja notificado à ANP, em caráter exclusivo e por escrito, no prazo máximo de 72 horas, pelo operador. Essa exigência consta dos contratos-padrão da agência reguladora e é obrigação para todas as empresas concessionárias que operam no Brasil.

Esta notificação não tem relação com a "declaração de comercialidade" da descoberta, e nem se trata de divulgação de reservas. Isoladamente, a informação sobre indícios de hidrocarbonetos encontrados não tem valor significativo para os negócios da companhia. Por isso não gera impacto sobre as negociações com valores mobiliários da Petrobras e não necessita de divulgação. Embora seja um dado positivo, não é conclusivo. Somente se tornará relevante quando associado a novos estudos, dados e outras evidências. Neste caso, serão amplamente divulgados pela companhia.
Considerando o grande interesse envolvendo a região do Pré-Sal da Bacia de Santos, a Petrobras tem informado o mercado, por meio de Comunicados ou Fatos Relevantes, todas as etapas da fase exploratória dos blocos desta área, incluindo as notificações de indícios de hidrocarbonetos, evitando especulações e desinformações.

Nos casos de descobertas em outras regiões (terrestre, águas rasas, profundas e ultra-profundas, exceto o Pré-Sal), a companhia também cumpre a legislação que a obriga notificar à ANP sobre os indícios de hidrocarbonetos. Caso as avaliações subseqüentes demonstrem a comercialidade dos campos e, portanto, sua relevância, a Petrobras fará ampla divulgação.

FONTE: Comunicação Inst.

Jornalista canadense resolve dar mais vida a uma tatuagem em sua perna




O jornalista canadense Lane Jensen resolveu dar mais 'vida' a uma tatuagem em sua perna. Assim, decidiu colocar implantes de silicone no desenho de uma mulher com seios fartos. A cirurgia - inédita, de acordo com o tatuador e body artist Brian Decker - durou 45 minutos. Na foto da esquerda, Jensen mostra a perna antes da cirurgia. À direita, Decker se prepara para colocar o implante. (Foto: Divulgação)

Vestida de vaca, mulher é presa por perturbar a ordem


A polícia de Middletown (Ohio, EUA) deteve no último sábado (27) uma mulher acusada de perturbar a ordem fantasiada de vaca. Michele Allen, 32, havia sido contratada para promover um parque temático. No entanto, ela bebeu durante o expediente e saiu às ruas bloqueando o tráfego e perseguindo crianças, disseram as autoridades locais. Michelle ficará presa por um mês.


quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Lula - Viagem no tempo

Um dos filmes que mais causaram impacto em minha vida foi "Em algum lugar no passado", com Christopher Reeve, uma história de amor lindíssima, em que um escritor apaixona-se pela foto de uma atriz dos anos vinte. Uma paixão tão avassaladora que ele acha uma forma de voltar ao passado para encontrar a moça e viver uma história de amor emocionante. O filme é lindo, a trilha sonora é fabulosa e o tema, instigante: viajar no tempo.

E posso dizer que vivo este sonho ao lado da minha mulher, Srª Flaviana Ribeiro!!!

Bom... Quando Albert Einstein anunciou a sua Teoria da Relatividade, em 1905, viajar no tempo - pelo menos em teoria - deixou de ser algo impossível.

Pois outro dia observei uma foto da época do colégio... Olhei aqueles senhores e imaginei o que aconteceria se a foto pudesse ser vista por eles quando tinham 16 anos.

Já pensou? Você poder ir até o futuro e olhar onde estará, que rumo sua vida tomou?

Imaginei então uma situação interessante. Alguém inventa uma máquina do tempo. E vai testar. Escolhe uma data aleatória - 1989, por exemplo - e aperta um botão. A máquina traz para o presente ninguém menos que Luis Inácio Lula da Silva. Aquele de vinte anos atrás. Lula chega meio zonzo:

- O que é isso, companheiro?

Sem entender o que acontece, Lula é recebido com carinho, toma uma água, senta-se num sofá e recupera o fôlego.

- Onde eu tô?

- No futuro, Presidente. Colocamos em prática a Teoria da Relatividade!

- Futuro? Logo agora que vou ganhar do Collor, pô! Me manda de volta pro passado! Zé Dirceu! Zé? Cadê o Zé?

- Calma, Lula. Aproveite para dar uma olhada no seu futuro. Você é o presidente da República!

- Eu ganhei?

- Não daquela vez. Mas ganhou em 2002. E foi reeleito em 2006!

- Reeleito? Eu? Deixa eu ver, deixa eu ver!!!

E então Lula senta-se diante de um televisor de plasma. Maravilhado, assiste a um documentário sobre os últimos 20 anos do Brasil.

Um sorriso escapa quando a eleição de 2002 é apresentada.

- Pô, fiquei bonito! Ué. Aquela ali abraçada comigo não é a Marta Suplicy?

- Não, Presidente, é a Marisa Letícia.

- Olha! Eu e o Papa! E aquele ali, quem é?

- É George Bush, o Presidente dos Estados Unidos!

- Arriégua! Êpa! Mas aquele ali abraçado comigo não é o Sarney? Com a Roseana? E o que é que o Collor tá fazendo abraçado comigo? O que é isso? Tá de sacanagem?

- Não, presidente. Esse é o futuro!

- AAAAhhhhhh! Olha lá o Quércia me abraçando! O Jader Barbalho! Cadê o Genoíno? Cadê o Zé Dirceu?

- O senhor cortou relações com eles.

- Meus amigos? Me separei deles e fiquei amigo do Quércia?

- Pois é...

- E aqueles ali? Não são banqueiros? Com aqueles sorrisos pra mim?

- Estão agradecendo, Presidente. Os bancos nunca tiveram um resultado tão bom como em seu governo.

- Bancos? Os bancos? Você tá de sacanagem. Sacanagem!

- Calma, Presidente. O povo está gostando, reelegeram o senhor com mais de cinqüenta milhões de votos!

- Mas não pode! Cadê os proletários? Só tô vendo nego da elite ali. Olha o Vicentinho de gravata! E o Jacques Wagner também! Mas que merda é essa?

- É o futuro, Presidente.

- E o Walter Mercado? Tá fazendo o quê ali?

- Aquela é a Marta Suplicy, Presidente.

- Ah, não. Não quero! Não quero! Não quero aquele meu terninho. Não quero aquele cabelinho. Não quero aquela barbinha. Desliga isso aí!

- Mas Presidente, esse é o futuro. O senhor vai conseguir tudo aquilo que queria.

- Não e não. Essa tal de teoria da relatividade é um perigo.

- Perigo?!

- É. As amizades ficam relativas. A moral fica relativa. As convicções ficam relativas. Tudo fica relativo.

- Bem-vindo a 2007, Presidente.

Este artigo é de autoria de Luciano Pires ( www.lucianopires.com.br) e está liberado para utilização em qualquer meio, contanto que seja citado o autor e não haja alteração em seu conteúdo.

(...)

video

Postagens populares