quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Nem melhor, nem pior, apenas uma escola diferente!!!

Campeã do Carnaval 2009

Vem no tambor da Academia
Que a Furiosa bateria vai te arrepiar!
Repique, tamborim, surdo, caixa e pandeiro
Salve o Mestre do Salgueiro!!!


De acordo com Haroldo Costa, autor dos livros "Salgueiro Academia de Samba" (1984) e "Salgueiro, 50 anos de Glória" (2003), o lema surgiu em 1958 - Exaltação aos Fuzileiros Navais -, quando a bandeira oficial da escola trouxe o lema "Nem melhor, nem pior. Apenas uma escola diferente".

Fernando Pamplona, ex-carnavalesco do Salgueiro, conta a sua versão: no carnaval de 1960, Quilombo dos Palmares, o então presidente Nélson de Andrade resolveu colocar cinco garotas com estandartes, uma característica do Salgueiro. Em cada estandarte uma frase qualquer, entre elas, "Nem melhor nem pior do que ninguém: apenas uma escola diferente".

Em 1961, quando Fernando Pamplona levou para avenida o enredo sobre a vida e obra de Aleijadinho, resolveu deixar apenas um dos estandartes. Pamplona foi além e sugeriu tirar as palavras "do que ninguém". Assim, naquele carnaval, o Salgueiro desfilou com um único estandarte, onde se lia "Nem melhor, nem pior. Apenas uma escola diferente", uma frase que se incorporaria à vida do Salgueiro e seria, dali pra frente, o lema de uma escola diferente.

Autores - Moisés Santiago, Paulo Shell, Leandro Costa e Tatiana Leite

Intérprete - Quinho

O som do meu tambor ecoa, ecoa pelo ar
E faz meu coração com emoção pulsar!
Invade a alma, alucina
É vida, força e vibração!
Vai meu Salgueiro... Salgueiro
Esquenta o couro da paixão
Ressoou da natureza, primitiva comunicação
Da África, dos nossos ancestrais,
Dos deuses, nos toques rituais
Nas civilizações, cultura
Arte, mito, crença e cura!Tem batuque, tem magia, tem axé!
O poder que contagia quem tem fé!
Na ginga do corpo, emana alegria
Desperta toda energia
No folclore, a herança
No canto, na dança, é festa, é popular
Seu ritmo encanta, envolve, levanta...
E o povo quer dançar!
É de lata, é da comunidade
Batidas que fascinam
Esperança social, transforma, ensina!
Ao mundo deu um toque especial
É show, é samba, é carnaval!
Vem no tambor da Academia
Que a Furiosa bateria vai te arrepiar!
Repique, tamborim, surdo, caixa e pandeiro
Salve o Mestre do Salgueiro

*** CLIQUE PARA BAIXAR O ARQUIVO COM O ÁUDIO DO SAMBA ***

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Cuidado Com Suas Chaves!!!

video

O MUNDO TODO NUM SITE DO IBGE - Espetacular

O IBGE pôs no ar na semana passada o site Países®, que fica em www.ibge.gov.br/paisesat/

O site contém um planisfério com dados históricos e estatísticos sobre 192 países. O mapa permite zoom e seleção de um país para examinar em detalhes suas informações.
As estruturas e ícones na barra superior da página são simples.

Na lacuna para pesquisa, pode-se escolher um país para achar no mapa (em vez de procurar manualmente para clicá-lo). Ao lado, há um botão para fechar janelas , um botão para ligar e desligar o som e a ajuda. (Se o seu navegador bloqueia pop-up por default, permita-as para trabalhar melhor com o site). Depois do botão da ajuda, há os de zoom e as setas para navegar pelo planisfério.

Selecionando um país, é possível navegar pelos diferentes dados usando a segunda barra de navegação superior, logo abaixo da primeira.

Clicando em Síntese, o usuário vê um quadro com as informações básicas do país, como localização, capital, tamanho do território, língua(s), população, PIB e moeda.

Fonte: Fabiano Sá - fsa@petrobras.com.br

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Mundo da comunicação empresarial

Usar as ferramentas de comunicação e marketing para consolidar a imagem da sua empresa junto à opinião pública e aprimorar a sua comunicação com os seus diversos públicos. Mais que o potencial tecnológico da comunicação e do marketing, uma proposta para fazer brilhar a sua marca.

TFS Comunicacão - Leia mais!

Bolsas para workshop de jornalismo científico

Estão abertas as inscrições para as bolsas do 6º Taller Jack F. Ealy sobre Periodismo Científico, promovido pelo Instituto de las Américas, na Universidade da Califórnia, campus San Diego, entre 7 e 16 de julho. Podem se candidatar jornalistas latino-americanos que dominem o idioma espanhol e trabalhem com temas de ciência, saúde e meio ambiente, em mídia impressa, rádio ou televisão. O encontro inclui oficinas práticas sobre como realizar reportagens de ciência, palestras com cientistas e visitas a centros e museus de ciência. Os candidatos devem enviar, até 27 de abril, três mostras de seu trabalho, carta de recomendação, relato bibliográfico e formulário de inscrição. A ajuda financeira inclui comida, transporte e alojamento.

Mais informações e: www.iamericas.org/emails/ealy09/ealy_beca09.html

Fonte: Clube Comunicação

Foi demitido? Conheça quais são os seus direitos

Fóruns da Agenda 21 reúnem governo, empresários e população em prol da sustentabilidade

Durante a histórica Conferência Rio-92, 179 países formularam, de forma pioneira, um plano de ação pelo desenvolvimento sustentável em todo o mundo e deram a ele o nome de Agenda 21, lembrando os desafios para o novo século. Organizado em 40 capítulos, o documento vai desde o combate à pobreza até o desenvolvimento local integrado e sustentável, passando por questões de gênero e proteção à infância, entre outras.

Clique aqui e leia a matéria completa.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Clube dos 16%

Mauro Chaves

Art. 1º: Fica constituída, com a denominação acima, a sociedade civil sem fins lucrativos, cuja finalidade é a de se recusar a aceitar o que dizem ser o pensamento dominante de 84% da população do País.

Art. 2º: Os integrantes desta entidade esclarecem que jamais foram entrevistados por qualquer instituto de pesquisa de opinião, nem conhecem quem quer que seja que já tenha sido entrevistado por algum instituto de pesquisa de opinião ou já tenha ouvido falar da existência de alguma pessoa que já tenha sido entrevistada por algum instituto de pesquisa de opinião, que tenha manifestado sua opinião de aprovação a quem anunciam como detentor de 84% de opinião favorável da população.

Art. 3º: Os integrantes desta entidade aqui manifestam, claramente, sua adesão ao critério da valorização pelo mérito.

Art. 4º: Por critério da valorização pelo mérito aqui se entende o crescimento, o desenvolvimento e a elevação geral de padrão de existência da pessoa humana que decorra, fundamentalmente, do reconhecimento ao esforço de seu aprendizado e consequentes resultados.

Art. 5º: Os integrantes da entidade aqui constituída se recusam a aceitar o critério de cotas, de qualquer espécie, que substitua o mencionado critério de valorização pelo mérito, seja para ingresso em instituições de ensino, empresas estatais ou entidades de qualquer esfera da Administração Pública.

Art. 6º: Os integrantes da entidade aqui constituída são contrários à distribuição de quaisquer tipos de Bolsas que não sejam, exclusivamente, de estudo.

Art. 7º: Os integrantes da entidade aqui constituída não acham que é preconceito exigir preparo das pessoas públicas, especialmente daquelas que detêm as maiores responsabilidades de comando.

Art. 8º: Os integrantes desta entidade consideram que um alto dirigente público tem de possuir um acervo de conhecimentos suficiente para que não tenha de "comer pela mão" de subordinados - inclusive divergentes entre si - ou se submeter às pressões dos lobbies, cujos interesses frequentemente em nada se assemelham aos interesses da coletividade sobre a qual atuam.

Art. 9º: Os integrantes desta entidade não acham que é possível governar "de ouvido", tomar decisões com base apenas no que lhe cochicham os oportunistas, os áulicos ou os que ainda não se libertaram de um ideologismo rançoso, que só sobrevive graças ao sentido folclórico ou museológico que ainda mantém no mundo contemporâneo.

Art. 10º: Os participantes desta associação consideram que não deve haver vergonha ou sentimento de culpa pelo fato de se usar o vernáculo corretamente, observando-se a topologia pronominal, os tempos verbais e respeitando-se a exigência básica do vocábulo no plural, qual seja, a adoção da letra "s" ao final da palavra.

Art. 11: Os integrantes desta entidade não se sentem diminuídos pelo fato de eventualmente terem estudado em boas escolas e universidades, pois acreditam que isso, em vez de significar insulto pessoal aos que não tiveram a oportunidade de fazê-lo, lhes pode representar um desafio à busca de oportunidades semelhantes, pelo esforço redobrado do aprendizado, com o que tantos já cresceram, acima de todas as expectativas, próprias e alheias.

Art. 12: Por valorizarem o esforço pessoal do aprendizado e do trabalho é que os participantes desta associação não concordam com que grandes empresas façam negócios com filhos dos homens públicos mais poderosos, dando-lhes uma participação excepcional - que em nada corresponda às aptidões consignadas em seus respectivos currículos -, assim caracterizando um escandaloso tráfico de influência.

Art. 13: Os integrantes do clube ora constituído não concordam que tenham sido jogadas para debaixo do tapete todas as falcatruas do tipo mensalão, "recursos não contabilizados", sanguessugas, valeriodutos, dólares na cueca e catrevagens assemelhadas.

Art. 14: Os participantes desta associação consideram que as famílias de pessoas brancas, heterossexuais e capazes de prover o sustento com o próprio trabalho também devem ser julgadas normais, sem sofrer qualquer tipo de discriminação por suas opções.

Art. 15: Os membros do Clube constituído pelo presente instrumento consideram que são legítimos a posse e o desfrute de propriedades que eventualmente possuam, assim como julgam correta a oposição que façam a esbulhos que lhes pratiquem militantes de movimentos sociais de sem-terra.

Art. 16: Os integrantes do presente sodalício se recusam a participar de passeatas "pela paz", quando essas se realizam em razão de crimes horripilantes, especialmente os praticados contra jovens e crianças, visto que não é "paz", e sim punição rigorosa que merecem os facínoras que os cometeram, além do fato de os direitos humanos de suas vítimas também deverem ser respeitados.

Art. 17: Os membros deste Clube entendem que é uma aberração os criminosos cumprirem só um sexto de suas penas e a legislação brasileira se assemelhar a apenas três outras do mundo - da Venezuela, Colômbia e Guiné - ao estabelecer a responsabilidade penal dos facínoras somente quando estes completem 18 anos de idade, antes do que só podem receber "medidas socioeducativas" por suas atrocidades.

Art. 18: Os integrantes desta sociedade consideram Oscar Niemeyer o talentoso artista que faculta a presença de pessoas dentro de suas esculturas - chamadas de prédios -, mesmo que estas lá se sintam desprovidas de serviços não escultóricos, próprios das necessidades da natureza humana.

Art. 19: Os membros da associação ora constituída declaram ódio ao BBB.

Art. 20: Este Clube entra em funcionamento na presente data.

Enviado por: Vanessa Dobbs Pimenta

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Traduzindo...



video

A caminho da responsabilidade social

A preocupação com a responsabilidade social é uma realidade cada vez mais presente nas empresas e um elemento essencial na estratégia de negócios das organizações. Desta forma, como é possível implementar programas que realmente atendem aos interesses da sociedade e, ao mesmo tempo, tragam resultados financeiros para as empresas?


Saiba mais [+]

O fator equipe nas implementações da Gestão de Registros

Atualmente, a captura, controle, armazenamento e destruição em tempo adequado de registros tem maior impacto sobre o sucesso ou falha de um negócio do que jamais teve anteriormente. De acordo com a AIIM (Associação Internacional para Gestão de Conteúdo Empresarial [ECM]), as iniciativas de Gestão de Registros precisam ser mais do que apenas um plano para satisfazer os requisitos de compliance regulatório.

 Nesse caso, qual é o fator chave que os gestores de documentação devem considerar quando iniciam suas iniciativas de Gestão de Registros? 

A chave para programas de Gestão de Registros bem sucedidos é reunir o time correto com as habilidades apropriadas. E para isso, não estamos falando apenas em contratar pessoas que possuem experiência anterior em Gestão de Registros ou conhecem uma tecnologia relacionada.

 Ao invés disso, o artigo “O Fator Equipe nas Implementações da Gestão de Registros” (em inglês) descreve as verdadeiras habilidades de uma equipe que determinam se o programa de Gestão de Registros está configurado para o sucesso ou não.


Download White Paper

Esta tem que tomar banho de pipoca!!!



video

Fonte: Sérgio Jorge - sjlt@rjnet.com.br

Veja lá como trata seu micro...


video

Fonte: Sérgio Jorge - sjlt@rjnet.com.br

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Concurso Petrobras 2009

Conforme as novas informações vão chegando, as notícias vão ficando mais com tom de verdade. Isto se encaixa perfeitamente com o concurso Petrobras. A empresa brasileira símbolo da soberania nacional e estabilidade/segurança para o servidores públicos abrirá quase 10.000 vagas até 2012. Você sabia disso? Agora leia tudo.

Uma opinião sobre o Concurso Petrobras leia aqui.

O concurso Petrobras com certeza será a grande virada de vida de muitos concurseiros.
Atualmente a Petrobras conta com 54.252 funcionários, e almeja ter 64.000 até 2012, visto que eles aumentaram e aumentarão mais os investimentos na camada pré-sal para explorar o local o mais rápido possível. Então estudem, estudem muito, porquê este ano promete!

Banco de Alimentos encaminha produtos não comercializados a quem precisa

Embora ainda haja pessoas passando fome no Brasil, toneladas de alimentos são jogadas fora todos os dias em nosso país, por motivos variados.

Leia a matéria completa

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

CUIDADO COM OS BURROS  MOTIVADOS!!!

A revista Isto é publicou esta entrevista de Camilo Vannuchi.

O entrevistado é Roberto Shinyashiki, médico psiquiatra, com Pós-Graduação em administração de empresas pela USP, consultor organizacional e conferencista de renome nacional e internacional.

"Cuidado com os burros motivados"

Em "Heróis de Verdade", o escritor combate a supervalorização das aparências diz que falta ao Brasil competência, e não auto-estima.

ISTOÉ -- Quem são os heróis de verdade?

Roberto Shinyashiki -- Nossa sociedade ensina que, para ser uma pessoa de sucesso, você precisa ser diretor de uma multinacional, ter carro importado, viaja r de primeira classe. O mundo define que poucas pessoas deram certo. Isso é uma loucura. Para cada diretor de empresa, há milhares de funcionários que não chegaram a ser gerentes. E essas pessoas são tratadas como uma multidão de fracassados.

Quando olha para a própria vida, a maioria se convence de que não valeu a pena porque não conseguiu ter o carro nem a casa maravilhosa. Para mim, é importante que o filho da moça que trabalha na minha casa possa se orgulhar da mãe. O mundo precisa de pessoas mais simples e transparentes. Heróis de verdade são aqueles que trabalham para realizar seus projetos de vida, e não para impressionar os outros. São pessoas que sabem pedir desculpas e admitir que erraram.

ISTOÉ -- O sr. citaria exemplos?

Shinyashiki -- Quando eu nasci, minha mãe era empregada doméstica e meu pai, órfão aos sete anos,empregado em uma farmácia. Morávamos em um bairro miserável em São Vicente (SP) chamado Vila Margarida. Eles são meus heróis.Conseguiram criar seus quatro filhos, que hoje estão bem. Acho lindo quando o Cafu põe uma camisa em que está escrito "100% Jardim Irene". É pena que a maior parte das pessoas esconda suas raízes. O resultado é um mundo vítima da depressão, doença que acomete hoje 10% da população americana.

Em países como Japão, Suécia e Noruega, há mais suicídio do que homicídio. Por que tanta gente se mata? Parte da culpa está na depressão das aparências, que acomete o homem que passa décadas em um emprego que não o faz se sentir realizado, mas o faz se sentir seguro.

ISTOÉ -- Qual o resultado disso?

Shinyashiki -- Paranóia e depressão cada vez mais precoces. O pai quer preparar o filho para o futuro e mete o menino em aulas de inglês, informática e mandarim. Aos nove ou dez anos a depressão aparece. A única coisa que prepara uma criança para o futuro é ela poder ser criança.. Com a desculpa de prepará-los para o futuro, os malucos dos pais estão roubando a infância dos filhos. Essas crianças serão adultos inseguros e terão discursos hipócritas. Aliás, a hipocrisia já predomina no mundo corporativo.

ISTOÉ - Por quê?

Shinyashiki -- O mundo corporativo virou um mundo de faz-de-conta, a começar pelo processo de recrutamento. É contratado o sujeito com mais marketing pessoal. As corporações valorizam mais a auto-estima do que a competência.

Sou presidente da Editora Gente e entrevistei uma moça que respondia todas as minhas perguntas com uma ou duas palavras. Disse que ela não parecia demonstrar interesse. Ela me respondeu estar muito interessada, mas, como falava pouco, pediu que eu pesasse o desempenho dela, e não a conversa. Até porque ela era candidata a um emprego na contabilidade, e não de relações públicas. Contratei-a na hora. Num processo clássico de seleção, ela não passaria da primeira etapa.

ISTOÉ -- Há um script estabelecido?

Shinyashiki -- Sim. Quer ver uma pergunta estúpida feita por um Presidente de multinacional no programa O aprendiz? "Qual é seu defeito?" Todos respondem que o defeito é não pensar na vida pessoal: "Eu mergulho de cabeça na empresa. Preciso aprender a relaxar". É exatamente o que o Chefe quer escutar. Por que você acha que nunca alguém respondeu ser desorganizado ou esquecido? É contratado quem é bom em conversar, em fingir. Da mesma forma, na maioria das vezes, são promovidos aqueles que fazem o jogo do poder.

O vice-presidente de uma as maiores empresas do planeta me disse: "Sabe, Roberto, ninguém chega à vice-presidência sem mentir".
Isso significa que quem fala a verdade não chega a diretor?

ISTOÉ -- Temos um modelo de gestão que premia pessoas mal preparadas?

Shinyashiki -- Ele cria pessoas arrogantes, que não têm a humildade de se preparar, que não têm capacidade de ler um livro até o fim e não se preocupam com o conhecimento. Muitas equipes precisam de motivação, mas o maior problema no Brasil é competência.

Cuidado com os burros motivados. Há muita gente motivada fazendo besteira. Não adianta você assumir uma função para a qual não está preparado. Fui cirurgião eme orgulho de nunca um paciente ter morrido na minha mão. Mas tenho a humildade de reconhecer que isso nunca aconteceu graças a meus chefes, que foram sábios em não me dar um caso para o qual eu não estava preparado. Hoje, o garoto sai da faculdade achando que sabe fazer uma neurocirurgia. O Brasil se tornou incompetente e não acordou para isso.

ISTOÉ -- Está sobrando auto-estima?

Shinyashiki -- Falta às pessoas a verdadeira auto-estima. Se eu preciso que os outros digam que sou o melhor, minha auto-estima está baixa. Antes, o ter conseguia substituir o ser. O cara mal-educado dava uma gorjeta alta para conquistar o respeito do garçom. Hoje, como as pessoas não conseguem nem ser nem ter, o objetivo de vida se tornou parecer. As pessoas parecem que sabem, parece que fazem, parece que acreditam. E poucos são humildes para confessar que não sabem. Há muitas mulheres solitárias no Brasil que preferem dizer que é melhor assim. Embora a auto-estima esteja baixa, fazem pose de que está tudo bem.

ISTOÉ -- Por que nos deixamos levar por essa necessidade de sermos perfeitos em tudo e de valorizar a aparência?

Shinyashiki -- Isso vem do vazio que sentimos. A gente continua valorizando os heróis. Quem vai salvar o Brasil? O Lula. Quem vai salvar o time? O técnico. Quem vai salvar meu casamento? O terapeuta. O problema é que eles não vão salvar nada! Tive um professor de filosofia que dizia: "Quando você quiser entender a essência do ser humano, imagine a rainha Elizabeth com uma crise de diarréia durante um jantar no Palácio de Buckingham". Pode parecer incrível, mas a rainha Elizabeth também tem diarréia. Ela certamente já teve dor de dente, já chorou de tristeza, já fez coisas que não deram certo. A gente tem de parar de procurar super-heróis. Porque se o super-herói não segura a onda, todo mundo o considera um fracassado.

ISTOÉ -- O conceito muda quando a expectativa não se comprova?

Shinyashiki - Exatamente. A gente não é super-herói nem superfracassado. A gente acerta, erra, tem dias de alegria e dias de tristeza. Não há nada de errado nisso. Hoje, as pessoas estão questionando o Lula em parte porque acreditavam que ele fosse mudar suas vidas e se decepcionaram. A crise será positiva se elas entenderem que a responsabilidade pela própria vida é delas.


ISTOÉ -- Muitas pessoas acham que é fácil para o Roberto Shinyashiki dizer essas coisas, já que ele é bem-sucedido. O senhor tem defeitos?

Shinyashiki -- Tenho minhas angústias e inseguranças. Mas aceitá-las faz minha vida fluir facilmente. Há várias coisas que eu queria e não consegui. Jogar na Seleção Brasileira, tocar nos Beatles (risos).

Meu filho mais velho nasceu com uma doença cerebral e hoje tem 25 anos. Com uma criança especial, eu aprendi que ou eu a amo do jeito que ela é ou vou massacrá-la o resto da vida para ser o filho que eu gostaria que fosse. Quando olho para trás, vejo que 60% das coisas que fiz deram certo. O resto foram apostas e erros. Dia desses apostei na edição de um livro que não deu certo. Um amigão me perguntou: "Quem decidiu publicar esse livro?" Eu respondi que tinha sido eu. O erro foi meu. Não preciso mentir.

ISTOÉ - Como as pessoas podem se livrar dessa tirania da aparência?

Shinyashiki -- O primeiro passo é pensar nas coisas que fazem as pessoas cederem a essa tirania e tentar evitá-las. São três fraquezas. A primeira é precisar de aplauso, a segunda é precisar se sentir amada e a terceira é buscar segurança. Os Beatles foram recusados por gravadoras e nem por isso desistiram. Hoje, o erro das escolas de música é definir o estilo do aluno. Elas ensinam a tocar como o Steve Vai, o B. B. King ou o Keith Richards. Os MBAs têm o mesmo problema: ensinam os alunos a serem covers do Bill Gates. O que as escolas deveriam fazer é ajudar o aluno a desenvolver suas próprias potencialidades.

ISTOÉ -- Muitas pessoas têm buscado sonhos que não são seus?

Shinyashiki -- A sociedade quer definir o que é certo. São quatro Loucuras da sociedade.

A primeira é instituir que todos têm de ter sucesso, como se ele não tivesse significados individuais.

A segunda loucura é: Você tem de estar feliz todos os dias.

A terceira é: Você tem que comprar tudo o que puder. O resultado é esse consumismo absurdo.

Por fim, a quarta loucura: Você tem de fazer as coisas do jeito certo. Jeito certo não existe. Não há um caminho único para se fazer as coisas. As metas são interessantes para o sucesso, mas não para a felicidade. Felicidade não é uma meta, mas um estado de espírito. Tem gente que diz que não será feliz enquanto não casar, enquanto outros se dizem infelizes justamente por causa do casamento.

Você pode ser feliz tomando sorvete, ficando em casa com a família ou com amigos verdaderos, levando os filhos para brincar ou indo a praia ou ao cinema.

Quando era recém-formado em São Paulo, trabalhei em um hospital de pacientes terminais. Todos os dias morriam nove ou dez pacientes. Eu sempre procurei conversar com eles na hora da morte. A maior parte pega o médico pela camisa e diz: "Doutor, não me deixe morrer. Eu me sacrifiquei a vida inteira, agora eu quero aproveitá-la e ser feliz". Eu sentia uma dor enorme por não poder fazer nada. Ali eu aprendi que a felicidade é feita de coisas pequenas. Ninguém na hora da morte diz se arrepender por não ter aplicado o dinheiro em imóveis ou ações, mas sim de ter esperado muito tempo ou perdido várias oportunidades para aproveitar a vida.

Assista aos bastidores da campanha de Volkswagen com Marcelo Adnet.

ANTÍDOTO PARA A CRISE


Bolsas de Valores em queda, aumento do dólar, ameaças de quebradeira geral e mais uma série de outras notícias apavorantes sobre os reflexos globais da crise econômica deflagrada pelos Estados Unidos está deixando muita gente de cabelo em pé. Será que o mundo vai acabar? Para as empresas que se deixarem paralisar pelo medo, provavelmente sim. Mas para as que decidirem enfrentar a tormenta com coragem e criatividade, o momento pode ser a grande oportunidade para crescer e se fortalecer.

Inserção no mercado deve focar em ensino médio

As ações de investidores sociais privados com foco na inserção dos jovens no mercado de trabalho devem ter como meta a formação no ensino médio. A opinião de especialistas ouvidos pelo redeGIFE segue uma lógica simples: independentemente de cursos de capacitação, não formá-los na escola significa, na prática, minar sua futura colocação profissional.

Se de um lado o mercado exige cada vez mais qualificação, a juventude parece seguir um caminho contrário. Embora seja corrente que quanto maior a escolaridade, maior a remuneração, existe um grosso de jovens que enfrenta um teto de vidro em sua formação.

Veja mais: http://www.gife.org.br/redegifeonline_noticias.php?codigo=8369&tamanhodetela=4&tipo=ie

Triple Bottom Line: O tripé da sustentabilidade

Há quatorze anos, o sociólogo e consultor britânico John Elkington formulou o conceito Triple Bottom Line - o tripé da sustentabilidade - expressão consagrada atualmente e também conhecida como os "Três Ps" (people, planet and profit) ou, em português, "PPL" (pessoas, planeta e lucro). Segundo esse conceito, para ser sustentável uma organização ou negócio deve ser financeiramente viável, socialmente justo e ambientalmente responsável.

Veja mais: http://www.sinprorp.org.br/Jornais/filantropia.htm (Nº 185)

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

LOBISOMEM E LAIZA MINELLI?

Ficha da foto: Canon EOS 40D \ Canon 18-55 \ abertura f/5.6 \ velocidade 1/50s \ capitura digital \ ISO 200 

Para! Os nomes são Toy e Nina!!!

Bom... Toy está na cara porque, mas Nina basta dizer que a cadelinha é meiga à ultima potência!!!

Estava entrando na casa do meu cunhado, em Macaé, olhei para a janela e vi esta fotografia. Pode falar... Um barato!!!

DINHODÃO

O nome do carinha aí é Thunder, mas a minha filha mais nova só o chama assim. Dinhodão! Dinho já que uns sete meses atrás ele era o “Tandinho” mesmo, uma bolinha de pelo. Agora, “Tandão”, já faz jus ao jovem porte de um São Bernardo Pelo Longo.

 

Ver esse cara assim, na dele, não é sempre! Não aguentei, vi a foto e cliquei!!!

Ficha da foto: Canon EOS 40D \ Canon 18-55 \ abertura f/5.6 \ velocidade 1/50s \ capitura digital \ ISO 100 

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Estou de mudança para Brasília...

CARÍSSIMOS,

NÃO FALEI NADA ANTES PORQUE AINDA NÃO ERA CERTO.

PASSEI EM UM CONCURSO PÚBLICO E ESTOU DE MUDANÇA PARA BRASÍLIA PARA ACESSOR DE UM TIO MEU.

CASO VOCÊS TENHAM INTERESSE EM CONCORRER NO PRÓXIMO CONCURSO, ENCAMINHO A PROVA QUE FIZ PARA QUE VOCÊS POSSAM ESTUDAR E IR SE PREPARANDO. ASSIM QUE TIVER NOVO CONCURSO, AVISO A TODOS.

AS QUESTÕES FORAM ELABORADAS A PEDIDO DO DIGNÍSSIMO ATUAL PRESIDENTE DA CÂMARA PARA PROVAR QUE NÃO EXISTE ESSA HISTÓRIA DE NEPOTISMO E QUE É PRECISO ESTUDAR PARA TER SEU CARGO GARANTIDO APÓS UMA PROVA CONCORRIDA E BEM FEITA!

CONCURSO PÚBLICO DE AMPLA CONCORRÊNCIA PARA VAGA DE ASSESSOR DE DEPUTADO FEDERAL.

SEGUEM ABAIXO AS QUESTÕES:

1) Um grande presidente brasileiro foi Castelo _________
( ) Roxo
( ) Preto
( ) Branco
( ) Rosa choque
( )Amarelo

2)Um líder chinês muito conhecido chamava-se Mao-Tsé______
( ) Tang
( ) Teng
( ) Ting
( ) Tong
( ) Tung

3) A principal avenida de Belo Horizonte chama-se Afonso_______
( ) Pêlo
( ) Pentêlho
( ) Penugem
( ) Pena
( ) Cabelo

4) O maior rio do Brasil chama-se Ama_________
( ) boates
( ) zonas
( ) cabarés
( ) relinho
( ) puteiro

5) Quem descobriu a rota marítima para as Índias foi __________
( ) Volta Redonda
( ) Fluminense
( ) Flamengo
( ) Botafogo
( ) Vasco da Gama

6) A América foi descoberta por Cristóvão Co_______
( ) maminha
( ) picanha
( ) alcatra
( ) lombo
( ) carne de sol

7) Grande Bandeirante foi Borba _______
( ) Lebre
( ) Zebra
( ) Gato
( ) Veado
( ) Vaca

8) Quem escreveu ao Rei de Portugal sobre o descobrimento do Brasil foi Pero Vaz de ______
( ) Anda
( ) Pára
( ) Corre
( ) Dispara
( ) Caminha

9) Um famoso ministro de Portugal foi o Marquês de ________
( ) Galinheiro
( ) Puteiro
( ) Curral
( ) Pombal
( ) Chiqueiro

10) D. Pedro I popularizou-se quando __________
( ) eliminou a concorrência
( ) decretou sua falência
( ) saturou a paciência
( ) proclamou a independência
( ) liberou a flatulência

11) Pedro Alvares Cabral _____________
( ) inventou o fuzil
( ) engoliu o cantil
( ) descobriu o Brasil
( ) foi pra puta que pariu
( ) tropeçou mas não caiu

12) Foi no dia 13 de maio que a Princesa Isabel____________
( ) aumentou a tanajura
( ) botou água na fervura
( ) engoliu a dentadura
( ) segurou a coisa dura
( ) aboliu a escravatura

13) Um grande ator brasileiro é Francisco Cu______
( ) sujo
( ) de ferro
( ) oco
( ) largo
( ) apertado

14) O autor de Menino do Engenho foi José Lins do ______
( ) Fiofó
( ) Cu
( ) Rêgo
( ) Furico
( ) Forévis

15) O mártir da independência foi Tira___________
( ) gosto
( ) cabaço
( ) que está doendo
( ) dentes
( ) e põe de novo

16) D. Pedro I às margens do Rio Ipiranga, gritou_______________
( ) Maria, subiu! Que sorte!
( ) Hortência, volte!
( ) Eu dou por esporte!
( ) Como dói, prefiro a morte!
( ) Independência ou morte!

ABRAÇOS E BOA SORTE!!

Anúncio de filhotes... Só não conheço a raça!

Gestão de risco...

Nos últimos anos, vem ocorrendo uma crescente insatisfação com muitas iniciativas que tem sido realizadas sob a assinatura da “gestão de riscos”. A principal reclamação se dá pelo fato de que a classificação e mitigação de problemas identificados como “riscos” tem um impacto mensurável muito pequeno no resultado final da organização.

Esse artigo (em inglês) apresenta uma visão diferente da gestão de riscos, se preocupando com as coisas que precisam dar certo, ao invés, de somente focar no que pode dar errado.

Download: http://www.softexpert.com.br/downloads.php?prod=55

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

JASON ESTARÁ DE VOLTA NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA 13

Veja em: http://www.fridaythe13th-themovie.com/intl/br/

UNIVERSIDADE PETROBRAS LANÇA LIVRO VÁLVULAS INDUSTRIAIS

O colega da RPBC/MI/PM Osmar José Leite da Silva , desenvolveu treinamentos e leciona alguns cursos como instrutor convidado da Universidade Petrobras , deste material foi feito um livro através do Programa de Editoração de livros Didáticos da Universidade Petrobras.

O momento atual tem como exigência máxima o aprimoramento nos treinamentos destinados à profissionais do mercado de Petróleo e Gás, relacionado ao tema, Segurança, Inspeção, Automação, Planejamento, Manutenção e Dimensionamento de Válvulas.

Durante os 24 anos de sua atuação profissional nessa área, numa combinação pedagógica de prática e teoria o autor tem como objetivo a orientação para a capacitação de Engenheiros e Técnicos da indústria nos conceitos, nos conhecimentos e nas boas práticas, buscando assim, a promoção do aumento da confiabilidade, redução de custos.

As melhores práticas de Manutenção para aumento da confiabilidade planejamento, tipos de inspeção e análises de falhas, segundo o autor, são citadas como condições particulares existentes no Brasil e, tais como, tornam este livro uma ferramenta de trabalho para todos os envolvidos no projeto de, fabricação, instalação, planejamento e manutenção de válvulas para tubulações e equipamentos industriais.

Fonte: osmar.leite@petrobras.com.br

A Terra dos Homens está em campanha para arrecadar 80 kits escolares para as crianças das famílias que fazem parte dos seus projetos sociais

O KIT DEVE SER COMPOSTO DE: 02 cadernos, 03 lápis pretos, 01 borracha, 01 apontador, 01 caixa de lápis de cor, 01 pasta de elástico, 01 mochila simples.

Qualquer outro material que você adicionar será bem-vindo!

A campanha vai até o fim de fevereiro para que as crianças comecem o ano letivo em condições de estudar.

LOCAIS DE ENTREGA:

- Av. General Justo, 275, sala 518, Centro - Rio de Janeiro (Sede)

- Rua Souza Lima, 280, apto. 701, Copacabana - Rio de Janeiro (Valéria)

- Rua Ferreira Viana, 59, apto. 309, Flamengo - Rio de Janeiro (Andrei)

- Rua Ulisses de Oliveira Madruga, 126, Q7, Itaipu - Niterói (Leonardo)

OUTRAS INFORMAÇÕES:

2524-0173, ramal 24, ou pelo site www.terradoshomens.org.br

BENEFICIÁRIOS:

- 42 meninos

- 28 meninas

- 10 adultos

ESTE ASSUNTO NÃO FOI DIVULGADO JUNTAMENTE COM A LEI SECA, PORTANTO ANALISE

Fique de olho no vencimento de sua CARTEIRA DE MOTORISTA. Foi criada uma lei, na mesma época em que foi criada a lei seca, que só pode ser renovada a carteira durante o prazo de no máximo 30 dias após o vencimento da mesma.

Após este prazo, a carteira é cancelada automaticamente e o condutor será obrigado a prestar todos os exames novamente: psicotécnico, legislação e de rua, igualzinho a uma pessoa que nunca tirou carteira.

Esta lei não foi divulgada como a lei seca e mais de 3.000 pessoas só na cidade de SP no mês de outubro de 2008, perderam suas carteiras de habilitação e terão de repetir todos os exames.

Fiquem atentos quanto ao vencimento de sua CNH, só por alto, fora a multa, para tirar novamente a CNH, fica por volta de R$ 800,00 e leva + ou - de 2 a 3 meses, isso se você passar por tudo da 1ª vez.

Fonte: Sérgio Jorge - sjlt@rjnet.com.br

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Morte de Buddy Holly, Richie Valens e The Big Bopper completa 50 anos

Pioneiros morreram em acidente aéreo que abalou o rock'n'roll.Episódio ficou conhecido como 'o dia em que a música morreu'.

O acidente ocorreu por volta da 1h da madrugada do dia 3 de fevereiro de 1959. Na noite anterior, Holly, 22 anos, Valens, 17, e Richardson, 28, fizeram um show na cidadezinha de Clear Lake e embarcaram no avião para um voo de pouco menos de 500 km que duraria apenas alguns minutos.

Veja mais em: http://g1.globo.com/Noticias/Musica/0,,MUL983499-7085,00-MORTE+DE+BUDDY+HOLLY+E+AUTOR+DE+LA+BAMBA+COMPLETA+ANOS.html

Unicef Kids

O Fundo das Nações Unidas para a Infância lançou seu primeiro site infantil em língua portuguesa. A página foi criada pelo escritório da organização no Brasil e traz, de forma lúdica, informações sobre os direitos da criança e do adolescente à sobrevivência e ao desenvolvimento, ao aprendizado, à proteção do HIV/Aids, ao crescimento sem violência e sobre como ser prioridade nas políticas públicas. O site mostra também o trabalho do Unicef no Brasil e no mundo, oferece jogos, desenhos para colorir, testes, vídeos, curiosidades, enquetes e fóruns. A parte gráfica traz fotos de crianças e adolescentes que participam de projetos patrocinados pelo Unicef no país.

Veja mais: www.unicefkids.org.br

Aprovada nova Lei de Estágio

Foi aprovada a nova Lei de Estágio para estudantes (lei nº 11.788/2008). Além de definições acerca da prática do estágio, a legislação regulamenta os deveres das instituições de ensino e da parte cedente da vaga. Uma das novidades da lei é a carga horária estabelecida, que passará de oito a seis horas diárias. Ainda será realizado um novo procedimento quanto ao período de recesso, uma espécie de férias de 30 dias, que será concedido sempre que o estágio tiver duração igual ou superior a um ano.

Veja mais: www.mbiasioli.com.br

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

NOVA CAMPANHA DO AKATU - “1/3 DE TUDO QUE VOCÊ COMPRA VAI DIRETO PARA O LIXO”

Esse é o slogan da nova campanha do Instituto Akatu, criada e produzida pela agência Leo Burnett, parceira institucional do Akatu, com estreia em cadeia nacional em 27 de janeiro de 2009 na Globosat. Através de uma linguagem semelhante à da publicidade do varejo, a campanha alerta consumidor para a problemática do desperdício de alimentos e dá dicas de como consumir os alimentos de forma consciente para evitar desperdícios.

A iniciativa surgiu da constatação de que, no Brasil, aproximadamente um terço de todos os alimentos comprados em uma casa é desperdiçado. Junto com eles, todas as suas embalagens, toda a água e energia usadas na sua produção, todo o CO2 emitido em sua produção e transporte, etc; são também jogados fora, gerando inúmeros impactos negativos para a sociedade, a economia e o meio ambiente. O número é ainda mais alarmante quando pensamos que estamos em um país onde 14 milhões de pessoas vivem em domicílios com insegurança alimentar grave (fonte: IBGE, 2004). A campanha alerta os brasileiros sobre este fato e mostra que é possível mudar este quadro por meio de pequenos gestos diários que estão sendo divulgados pela mídia com base em sugestões do Akatu.

As peças da campanha mostram, com mensagens criativas e instigantes, que todo consumo tem impacto – seja ele positivo ou negativo – e que cada gesto de consumo tem poder transformador. O consumidor, comprometido e ciente dos efeitos de seus atos de consumo, pode ter um papel protagonista nessa transformação.

A nova campanha pretende motivar o cidadão a responder, de forma positiva, ao desafio de evitar o desperdício de alimentos, contribuindo assim para a desafio global atual da construção da sustentabilidade da vida no planeta.

Veículos de comunicação que estejam interessados em veicular a campanha podem entrar em contato com Eliana Arndt, Gerente de Comunicação e Conteúdo do Akatu, pelo e-mai eliana.arndt@akatu.org.br.

VILA FOLIA – 1º Encontro de Blocos Bandas

INTRODUÇÃO

Com o objetivo de resgatar o Carnaval da AAVI e oferecer a comunidade, não só de sócios, mas de moradores do bairro e proximidades, opções seguras e diversificadas, estamos programando os seguintes eventos para o Carnaval 2009.


- DETALHES CONCURSO ESCOLHA DA MARCHA PARA O DESFILE

Na 6ª Feria (dia 06/02), uma semana antes do VILA FOLIA – 1º Encontro de Blocos Bandas, evento também idealizado pela AAVI, estaremos promovendo a escolha de uma Marchinha para o nosso desfile cuja o tema é:

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA VILA ISABEL: SUAS GLÓRIAS, ABALOS E RENASCER

Na sinopse para os compositores estamos solicitando que seja mencionada a importância do Clube como patrimônio cultural, social e esportivo de nosso bairro. A marcha deverá falar dos grandes shows, da Miss Brasil, das seleções esportivas campeãs. Dos “abalos”, de forma bem rápida, pois o grande objetivo a enaltecer a AAVI e reforçar a importância de todos acreditarem e se juntarem na proposta de renascimento do Clube. Como também já vem acontecendo com o aumento considerável de sócios, alguns voltando e outros ingressando.


VILA FOLIA – 1º ENCONTRO DE BLOCOS E BANDAS
DE VILA ISABEL E ADJACÊNCIAS


A tradição do nosso bairro, aliada ao grande número de bandas e blocos existentes em Vila Isabel e em seu entorno, sem ainda o gigantismo dos mais famosos de outros bairros, atraem famílias e foliões dos mais diversos locais, fazendo cada vez mais do carnaval de Vila Isabel um dos mais frequentados e animados do Rio de Janeiro.

O VILA FOLIA resume-se em uma realização cultural encabeçada pela ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA VILA ISABEL, com a parceria de diversos Blocos (já confirmados 16 Blocos e 01 Banda), que certamente engrandecerá ainda mais o futuro do carnaval no bairro de Vila Isabel e adjacências.

Como evento ímpar na Zona Norte, este evento reunirá diversos Blocos, possibilitando a confraternização antecipada dos foliões, bem como a apresentação das camisetas dos Blocos, Samba, Enredo, Rainhas e detalhes acerca de dias, horários e percurso dos desfiles para o Carnaval 2009.

Neste mesmo evento também traremos um resgate de músicas das partituras escritas nas calçadas das históricas ruas do bairro de Vila Isabel, bem como as tradicionais marchinhas de carnaval.

O VILA FOLIA pretende ser uma alternativa segura, bem organizada e estruturada, de um programa cultural acessível e de qualidade. Visa também selar a união entre Blocos e Bandas e, como já vem ocorrendo nas reuniões, organizar horários dos desfiles para que o maior premiado seja o folião que terá a possibilidade de brincar e/ou assistir diferentes Blocos.


DESFILE CARNAVAL 2009

Considerando o alto custo para, literalmente, colocar “O Bloco na rua” temos a proposta de juntar em um mesmo desfile os Blocos da Associação Atlética Vila Isabel e o Bloco Gargalhada, com o Gargalhada homenageando a Associação Atlética Vila Isabel, estampando o símbolo dos dois blocos na mesma camiseta.

A intenção é ainda que o Clube possa abrir o carnaval de 2009, como vem acontecendo tradicionalmente, com a concentração a partir das 10 horas e saída dos Blocos às 12 horas. Na volta, como em todos os anos, teremos o almoço com angu à baiana.

Já estamos iniciando a organização das alas em que crianças e adultos representarão as diversas atividades do clube, associadas ao tema central do desfile: ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA VILA ISABEL: SUAS GLÓRIAS, ABALOS E RENASCER.

Também como já é tradição no Bloco Gargalhada, teremos uma ala de deficientes auditivos.

O nosso objetivo é fazer do nosso desfile realmente um grande acontecimento.

BAILE INFANTIL – DOMINGO E 3ª FEIRA

Buscando resgatar a tradição dos Bailes Infantis, e tendo informações de que nem o América nem os Clubes do Grajaú estarão organizando este evento, realizaremos dois Bailes Infantis, um no Domingo e outro na 3ª Feira de Carnaval. Nos bailes teremos concurso de fantasias com prêmios de mensalidade grátis nas diferentes atividades do Clube. Estaremos ainda buscando captar outras opções de prêmios. A nossa expectativa é atrairmos um público de no mínimo 1.000 pessoas por dia.


BAILE DE CARNAVAL PARA ADULTOS – 3ª FEIRA

Com o mesmo objetivo de resgatar o Carnaval de Clubes estaremos realizando na 3ª feira um Baile de Carnaval para adultos. Nossa expectativa é de 800 Participantes.


APURAÇÃO DO DESFILE DAS ESCOLAS DE SAMBA DO 1º GRUPO (SALÃO SOCIAL)

Como opção para que os sócios e foliões possam assistir e ouvir a apuração do desfile das Escolas de Samba colocaremos um telão no Salão Social do clube.

BAILE DE CINZAS - 4ª FEIRA DE CINZAS

Evento que será realizado em parceria com Enio Manso, destinado aos amantes da dança de salão, a ser realizado na quadra com uma expectativa de público de 500 participantes.

Como atrativos estamos divulgando que as 100 primeiras damas receberão uma nota de 1 (um) dólar e os 100 primeiros cavaleiros 1 (uma) skoll.

O docente da educação profissional

O segundo programa da série de teleconferências sobre educação profissional promovida pela Rede Sesc-Senac teve como tema "O docente da educação profissional" e contou com a participação do conselheiro da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação.

O debate focou o perfil do docente da educação profissional e seu desafio de assumir o papel de mediador da aprendizagem no contexto do modelo de competências, aliando ao conhecimento técnico-científico de sua área de atuação a formação pedagógica fundamental ao ofício de professor. Foram também abordados aspectos relativos à formação do docente, enfatizando a necessidade de adotar uma sistemática permanente de estudo, com vistas ao seu constante aprimoramento, assim como iniciativas de instituições que promovam e valorizem a formação e o desenvolvimento desse profissional.

Segue bibliografia:

PRIMEIROS SOCORROS...

video

Imprensa escolhe samba amanhã, dia 3

Amanhã, terça-feira, dia 3 de fevereiro, a partir das 20 horas, acontece no Teatro Odisséia, na Avenida Mem de Sá, 66-Lapa, a festa para escolha do samba do bloco "Imprensa Que Eu Gamo", que esse ano desfilará pelas ruas de Laranjeiras no sábado, dia 7 de fevereiro.

Os ingressos para festa custarão R$ 15,00 e podem ser comprados na hora. A roda de samba, comandada por Serginho Procópio, abre a noite. Em seguida serão apresentados os sambas concorrentes, com a participação da bateria da São Clemente.

O Imprensa chega ao seu 140 desfile com uma camisa criada pelo cartunista Cássio Loredano, cuja ilustração é inspirada nos antigos processos de impressão no linotipo. As camisetas podem ser compradas no Sindicato dos Jornalistas e no Teatro Odisséia no dia da escolha do samba.

Postagens populares