quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Curso Radix - Comunicação Social para concursos públicos!!!

O objetivo do Curso Radix é preparar você para concursos públicos na área de Comunicação Social, nas habilitações: Jornalismo, Publicidade e Relações Públicas.

Radix, em latim, quer dizer Raiz. O conceito indica nossa crença no processo sólido de aprendizagem que parte da base, dos fundamentos - da RAIZ.
O curso é administrado por professores de comunicação com o foco exclusivo para alunos de comunicação. Apostamos que um processo cognitivo eficaz finca suas raízes no conhecimento, na pesquisa constante, na troca de experiências e no estímulo ao exercício do pensamento. Portanto, trata-se de um processo de busca por autonomia e segurança.

A equipe docente do Curso Radix vem preparando turmas de alunos há quase dois anos no Rio de Janeiro, dentre os quais destacam-se alguns classificados nos concursos recentes da Petrobras, do BNDES e na BR Distribuidora. Vários candidatos foram aprovados e estão muito bem colocados no ranking geral.

http://www.cursoradix.com.br/

Google City Tour

Está de férias em alguma cidade e quer conhecer seus pontos turísticos? Então conheça o Google City Tour. O aplicativo online, desenvolvido pelo Google Labs, não só te mostra os principais pontos de interesse, como elabora roteiros diários, facilitando a sua visitação de acordo com a distância entre as locações. Conheça, ainda, o Woophy.

Google City Tour

Outra dica:

Couch Surfing - O seu hotel,de graça, no mundo inteiro

Como funciona o Google Street View?

Você já deve ter brincado com o Google Street View alguma vez. Trata-se de uma aplicação do gigante da internet que mostra detalhes de ruas e construções nas principais cidades do mundo.

Veia (ou veja!): http://olhardigital.uol.com.br/central_de_videos/video_wide.php?id_conteudo=9397&/COMO+FUNCIONA+O+GOOGLE+STREET+VIEW

Vagas de Pós-doutorado na UERJ para pesquisador com experiência quantitativa

Fonte: Ignacio Cano - Coordenador da Pós-Graduação em Ciências Sociais - UERJ

Prezados, 

O programa de pósgraduação em ciências sociais da UERJ (PPCIS) acaba de obter 2 bolsas de pós-doutorado da CAPES para fortalecer a área de pesquisa quantitativa. Os candidatos precisam ser doutores, ter experiência com pesquisa quantitativa e capacidade de ensinar métodos quantitativos na graduação e na pós-graduação.

A bolsa é de R$3.300 por mês durante cinco anos, e a expectativa é de que o candidato aprovado se insira de forma permanente no departamento num futuro, através de concurso. Nesse sentido, esperamos poder atrair candidatos também de fora do Rio, com uma expectativa de inserção permanente na nossa universidade.

O candidato pode ter doutorado em várias áreas, mas seria preferível que fosse um cientista social, em função de futuros concursos. É desejável, mas não imprescindível, que tenha experiência na área de violência.

Acreditamos que estas bolsas são essenciais para reerguer a área quantitativa no nosso programa, enfraquecida após a saída de vários colegas para instituições federais, e estamos procurando bons candidatos, embora saibamos que o mercado não oferece muitas pessoas com este perfil.

Por isso, solicitamos encarecidamente que nos ajudem na divulgação nas suas instituições e nas suas redes. O perfil mais detalhado está especificado em baixo.

Os interessados devem mandar uma mensagem expressando o seu interesse e anexando o seu CV  para icano@openlink.com.br, até o dia 31 de outubro.

Critérios para a Seleção dos Candidatos

  • Formação acadêmica (bacharelado) nas áreas de Ciências Sociais, Geografia ou Ciências Estatísticas;
  • Doutorado nas áreas de Ciências Sociais, Geografia ou Ciências Estatísticas;
  • Experiência comprovada de no mínimo 3 anos em pesquisa científica com uso de metodologias quantitativas;
  • Publicações de artigos científicos usando este tipo de metodologia;
  • Experiência comprovada de participação em projetos com construção e análise de bases de dados e/ou indicadores sociais;
  • Conhecimentos com aplicativos de análise de dados ou georreferenciamento.
  • Um último requisito desejável, mas não exigível, seria a experiência de pesquisa na área de violência e segurança pública.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Biblioteca de livre acesso é destaque no site SRZD

Valença vem mobilizando a população a participar do projeto "Livro sem fronteiras". Por meio da iniciativa, a população local poderá pegar livros em uma biblioteca localizada na praça. Não haverá qualquer tipo de cadastro ou controle. A proposta é que os moradores tenham consciência e criem a dinâmica de troca e manutenção das obras.

Leia: http://www.sidneyrezende.com/noticia/57474+empresarios+de+valenca+participam+de+projeto+de+biblioteca+de+livre+acesso

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Programa ‘De Olho no Combustível’ apresenta nova marca

Fonte: Comunicação Petrobras

A proposta é modernizar a imagem do programa e unificar a identidade visual dos programas de qualidade de combustíveis no Brasil e na América do Sul

O programa de controle de qualidade “De Olho no Combustível”, da Petrobras Distribuidora, está prestes a ganhar uma nova marca, mais moderna e rejuvenescida. Neste domingo (27), começa a ser veiculada a campanha publicitária de lançamento, criada pela agência Master, com o objetivo de reforçar o compromisso da BR com o monitoramento e melhoria dos combustíveis que comercializa, assim como lançar um novo conceito, representado pelo símbolo do infinito, para transmitir a eterna busca da Companhia pela qualidade.

A campanha faz a ponte entre o atual posicionamento de comunicação para a área automotiva, “O Brasil se encontra aqui”, e o novo conceito do Programa “De Olho no Combustível”, “Qualidade Sempre”. Seguindo essa linha, a Master criou para a nova campanha a frase “A sua vida não pára um segundo. A nossa busca por qualidade também não”, mostrando que a Companhia desenvolve produtos e serviços com excelência, para tornar a vida das pessoas melhor.

Mídia

A estratégia de divulgação inclui um comercial de 30 segundos em TV Aberta (Rede Globo, Record, SBT, Band e Rede TV); na internet, em diversos formatos; vinhetas e comercial na TV Fechada (Globonews, Universal, TNT, Warner e SporTV); anúncios de página dupla em revistas de grande circulação (“Veja”, “Época”, “Isto É”, “Auto Esporte”, “Caras”, “Quatro Rodas”, “Época Negócios”, “Época SP” e “Quem”); e comercial em salas de cinema.

As praças escolhidas foram: Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, Salvador, Campinas e Goiânia.

Os postos de serviço Petrobras também receberão materiais de ponto de venda que identificarão os participantes para o consumidor, como bandeirolas, faixas e topo de bomba.


video



Relatórios de Sustentabilidade: a prática da transparência

Os relatórios contábeis são parte do cotidiano das empresas. Agora, é a vez dos relatórios de sustentabilidade. Ainda há empresas que olham os relatórios de sustentabilidade de forma equivocada. Acreditam que seja mais uma ferramenta de marketing, uma outra maneira de mostrar ao público como são “boazinhas”. No entanto, um bom relatório de sustentabilidade, construído dentro de regras claras, como as do Global Reporting Iniciative (GRI), é um diferencial importante para a análise da posição a empresa em seu mercado, além de ser um fator de valorização de suas ações. Afinal, investidores e consumidores (individuais ou institucionai...

Por Redação da Envolverde

Instituto Akatu no Dia Mundial Sem Carro

Seminário debate necessidade de informar a população sobre os impactos negativos do uso excessivo do automóvel, cada vez mais comum nas grandes cidades

Veja mais...

Sustentabilidade, marca e consumo consciente

Contra fatos não há argumentos. Segundo o estudo Monitor de Responsabilidade Social de 2009, realizado pela Market Analysis, quase seis entre 10 consumidores da América do Norte (56%) e da Oceania (54%) admitem ter recompensado uma empresa por causa de práticas socioambientais, comprando os seus produtos ou falando bem deles para outros. Na Europa, esse número é, em média, de quase três (29%) em dez.

Fonte: http://www.responsabilidadesocial.com/article/article_view.php?id=897

Entrevista com Gustavo Pierini - "retrato do mercado de trabalho hoje no país"

O gerente corporativo de Novos Negócios da Micolins Franchising, Gustavo Pierini, traça um retrato do mercado de trabalho hoje no país. Em entrevista exclusiva, ele aponta que um dos setores que será explorado como boa opção de emprego nesse momento de retomada de crescimento é o comercial. Também aborda o potencial do Brasil para a criação de ‘empregos verdes’ e analisa a inclusão de pessoas com deficiência. Confira.

ResponsabilidadeSocial.com

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Economia de energia

A Hewlett-Packard (HP), fabricante de computadores, lançou um aplicativo gratuito que mede o nível de energia economizada quando o desktop ou notebook é desligado. Com o aplicativo instalado, ao ligar a máquina, o usuário verifica o quanto seu computador economizou de energia e emissões de carbono enquanto esteve desligado, além de analisar os mesmos dados globalmente. De acordo com a HP, se 100 mil usuários desligarem os computadores ao final de cada dia, a economia de energia poderá ser de mais de 2.680 kWh e a redução nas emissões de carbono poderá atingir mais de 1.600 kg por dia.

www.hp.com/powertochange

Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia

O prazo para envio dos trabalhos para concorrer ao Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia foi prorrogado até 30 de setembro. O tema desta edição é “Agroindústria”, entendida como o ramo de indústrias que processa ou beneficia matéria-prima oriunda da agricultura, pecuária, aquicultura ou silvicultura e a vende como produto para consumo ou como matéria-prima para outras indústrias. O prêmio é patrocinado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) do Brasil e pela Petrobras, e é aberto a estudantes e pesquisadores que estejam vinculados ao Mercosul.

www.brasilia.unesco.org/premiomercosul

Congresso Brasileiro de Direito, Contabilidade e Tesouraria do Terceiro Setor

Seguem abertas as inscrições para o 10º Congresso Brasileiro de Direito, Contabilidade e Tesouraria do Terceiro Setor, que será realizado em 2 de outubro, em São Paulo (SP). O evento é uma iniciativa da Econômica Desenvolvimento Empresarial e tem por finalidade debater as principais nuances e mutações legais, contábeis e gestão do TS, além de estabelecer genuína reflexão sobre os possíveis nichos do mercado, seus riscos e impactos, além de formas de gestão eficiente e cases de sucesso que possibilitaram a autossustentabilidade. A programação completa e a ficha de inscrição estão disponíveis on-line.

www.economica.com.br

Nova regra de certificação de entidade filantrópica

O Plenário aprovou, em 15 de setembro, o Projeto de Lei nº 7494/06, do Senado, que transfere do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) aos ministérios da Saúde, da Educação e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome a responsabilidade de conceder e renovar os certificados de entidade beneficente. A matéria foi aprovada na forma de substitutivo da Comissão de Educação e Cultura. Devido às mudanças feitas pela Câmara, o projeto retornará ao Senado.

Agilidade - Segundo o governo, a nova sistemática de julgamento dos pedidos e renovações dará mais rapidez ao trabalho, pois os ministérios têm mais condições de conferir os requisitos exigidos para a obtenção do certificado. Em até 180 dias após a publicação da futura lei, os ministérios deverão fazer um recadastramento de todas as entidades sem fins lucrativos, sejam elas beneficentes ou não, e divulgá-lo ao público. Igual prazo é concedido para os ministérios julgarem pedidos de renovação protocolados e ainda não julgados.

Transparência - Para garantir mais clareza, o texto aprovado determina que os cidadãos poderão acompanhar, na internet, todo o processo administrativo de certificação. Os ministérios também deverão manter uma lista on-line atualizada com dados dos certificados (como o período de vigência) e das entidades (serviços prestados e os recursos públicos a elas destinados, por exemplo).

www.camara.gov.br

Carta aos militares III

Fonte: Deputado Federal Marcelo Itagiba (PMDB-RJ)

Diante de um comunicado distribuído no dia 10 de setembro último por um parlamentar que mostra preocupação com os milhares de e-mails que os deputados federais têm recebido em apoio à PEC nº 245 (de minha autoria), ao invés de juntar forças e lutar para aprovar, independentemente de quem sejam os autores, as propostas que tramitam na Câmara Federal com o objetivo de conferir aos militares do Brasil uma remuneração digna, faço mais um esclarecimento sobre o assunto, para que não pairem inverdades sobre os fatos:

A PEC nº 245 fixa definitivamente a remuneração dos militares na Constituição Federal, acaba com a passagem de pires a cada governo em busca de aumentos, vincula o salário mais alto da carreira ao dos ministros do Superior Tribunal Militar e estabelece um escalonamento vertical até a menor patente, não deixando nenhum militar das três Forças Armadas de fora das vantagens que serão conquistadas.

O meu objetivo, ao redigir a PEC 245, foi o de acabar com a inadmissível e vexatória situação remuneratória em que se encontram os militares do nosso país.

Está escrito na PEC 245...

VIII – A remuneração dos Almirantes de Esquadra, Generais de Exército e Tenentes Brigadeiros, fixada na forma do § 4º do art. 39, corresponderá a noventa e cinco por cento do subsídio mensal pago aos Ministros do Superior Tribunal Militar, e a remuneração dos demais integrantes da carreira militar será fixada em lei e escalonada conforme os respectivos postos e graduações, não podendo a diferença entre uma e outra ser superior a trinta por cento ou inferior a cinco por cento, obedecido, em qualquer caso, o disposto no art. 37, inciso XI." (NR)

Duas coisas muito importantes:

1 - É inconstitucional estabelecer numa PEC percentuais para faixas salariais. Isso só pode ser feito por meio de lei de iniciativa do Poder Executivo, no caso, o Presidente da República. Na PEC cabe apenas o estabelecimento dos parâmetros nos quais a lei de autoria do Executivo deverá se basear.

2- No caso da PEC 245, os parâmetros – 5% (mínimo) e 30% (máximo) de diferença entre as patentes – foram definidos após uma série de estudos realizados pela minha assessoria jurídica e com base em projeções feitas pelo Centro de Pagamento do Exército Brasileiro (veja ao final do texto uma delas). Estabelecer um percentual único, de 5%, por exemplo, de diferença entre todas as patentes, certamente agradaria, e muito, aos esperançosos militares brasileiros que estão recebendo salários que não lhes dão dignidade. Mas não passaria de pura demagogia e irresponsabilidade, simplesmente porque tornaria a proposta inviável. Seria jogar para a torcida, sem ter chances reais de êxito.

Não vou participar de discussões demagógicas com quem, ao invés de unir forças, distorce a verdade. Devemos é nos unir, todos, para que a PEC nº 245, que já ultrapassou a sua primeira barreira no Congresso Nacional (foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal), seja analisada por uma comissão especial, ainda não formada, para, em seguida, ser posta em votação no plenário.

Temos que continuar mobilizados e agir, democraticamente, cada vez mais, para que a comissão especial seja formada e a PEC 245 votada.

Repito o que já disse: não disputo primazia parlamentar. Eu só quero ajudar a conseguir a dignidade salarial para os militares.

Brasil acima de tudo!

Cordialmente,

Deputado Federal Marcelo Itagiba (PMDB-RJ)

Projeção salarial feita pelo Centro de Pagamento do Exército

Remuneração média bruta e atual por Patentes e Graduações

P/G

REMUNERAÇÃO MÉDIA BRUTA

MARECHAL

R$ 16.076,98

GENERAL DE EXÉRCITO

R$ 15.381,62

GENERAL DE DIVISÃO

R$ 14.686,26

GENERAL DE BRIGADA

R$ 13.412,07

CORONEL

R$ 10.830,07

TENENTE CORONEL

R$ 9.649,01

MAJOR

R$ 8.827,15

CAPITÃO

R$ 6.483,07

PRIMEIRO TENENTE

R$ 5.603,33

SEGUNDO TENENTE

R$ 5.051,45

ASPIRANTE A OFICIAL

R$ 4.553,53

SUBTENENTE

R$ 4.570,64

PRIMEIRO SARGENTO

R$ 3.909,13

SEGUNDO SARGENTO

R$ 3.235,88

TERCEIRO SARGENTO

R$ 2.545,22

CABO (ENGAJADO)

R$ 1.739,24

TAIFEIRO MOR

R$ 1.872,57

TAIFEIRO 1 CLASSE

R$ 1.777,25

TAIFEIRO 2 CLASSE

R$ 1.580,08

CABO (NÃO ENGAJADO)

R$ 1.116,11

SOLDADO PQDT

R$ 1.429,52

SOLDADO CLARIM 2 CL

R$ 1.166,49

SOLDADO ENGAJADO

R$ 1.158,93

SOLDADO ENG N ESP

R$ 1.055,70

SOLDADO RECRUTA

R$ 530,20

CADETE ÚLTIMO ANO

R$ 851,00

CADETE DEMAIS ANOS

R$ 691,53

ESPCEX ÚLTIMO ANO

R$ 630,54

ESPCEX DEMAIS ANOS

R$ 630,54

ALUNO IME / CPOR / NPOR

R$ 724,23

ES FORM SGT

R$ 635,80

PENSÃO CIVIL

R$ 2.193,00

Fonte: SIAPPES.

 

 

Expectativa dos subsídios a serem pagos

P/G

SUBSÍDIOS

MARECHAL

R$ 23.102,74

GENERAL DE EXÉRCITO

R$ 22.111,25

GENERAL DE DIVISÃO

R$ 21.119,76

GENERAL DE BRIGADA

R$ 20.253,40

CORONEL

R$ 18.482,19

TENENTE CORONEL

R$ 17.885,37

MAJOR

R$ 17.250,05

CAPITÃO

R$ 13.582,49

PRIMEIRO TENENTE

R$ 12.745,01

 

P/G

SUBSÍDIOS

SEGUNDO TENENTE

R$ 11.445,48

ASPIRANTE A OFICIAL

R$ 10.723,52

SUBTENENTE

R$ 9.366,24

PRIMEIRO SARGENTO

R$ 8.211,10

SEGUNDO SARGENTO

R$ 7.036,71

TERCEIRO SARGENTO

R$ 5.746,81

CABO (ENGAJADO)

R$ 3.956,34

TAIFEIRO MOR

R$ 3.956,34

TAIFEIRO 1 CLASSE

R$ 3.725,32

TAIFEIRO 2 CLASSE

R$ 3.475,04

CABO (NÃO ENGAJADO)

R$ 1.463,17

SOLDADO PQDT

R$ 3.099,62

SOLDADO CLARIM 2 CL

R$ 2.599,06

SOLDADO ENGAJADO

R$ 2.599,06

SOLDADO ENG N ESP

R$ 2.599,06

SOLDADO RECRUTA

R$ 1.338,03

CADETE ÚLTIMO ANO

R$ 2.416,16

CADETE DEMAIS ANOS

R$ 1.963,73

ESPCEX ÚLTIMO ANO

R$ 1.790,46

ESPCEX DEMAIS ANOS

R$ 1.742,33

ALUNO IME / CPOR / NPOR

R$ 1.963,73

ES FORM SGT

R$ 1.790,46

PENSÃO CIVIL

R$ 7.036,71

Deixe o seu comentário em www.marceloitagiba.com

Frente Parlamentar em defesa do diploma é instalada na Câmara

A Frente Parlamentar para discutir a obrigatoriedade do diploma de jornalismo foi instalada na manhã desta quarta-feira (23/09), na Câmara de deputados. Proposta pela deputada Rebecca Garcia (PP-AM), a Frente tem apoio de 215 parlamentares, sendo que 15 adesões foram feitas hoje.
O objetivo da deputada é debater e levar à votação os Projetos de Emendas Constitucionais (PECs) do deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) e do senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE). “Nossa prioridade agora é fazer uma reunião com o presidente da CCJ para instalar uma comissão e pedir para votar a PEC do deputado Paulo Pimenta, que é a que está mais adiantada até agora. Mas há outras cinco PEC’s e projetos tramitando na Casa. A expectativa é votar essa até o final do ano”, explicou Rebecca, que já dirigiu a TV Rio Negro e o jornal O Estado do Amazonas.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Off-road em Nikiti!!!

A 6ª etapa do Campeonato Carioca de Rali de Regularidade foi disputado em Niterói. Com a saída ao lado da rua onde moro! MUITO BOM!!!

A etapa no município é considerada a mais importante do calendário da competição!!!

PROGRAMAÇÃO VISUAL / ÁREA ADMINISTRATIVA

Experiência em CorelDraw, Illustrator, FreeHand, InDesign CS3 e CS4, QuarkXPress, PageMaker e Photoshop CS3 e em suas últimas versões nas plataformas PC ou MAC, geração de PDF/X e suas variantes PDF/X-1, PDF/X-1a, PDF/X-3, conhecimento em CTP, CTF, workflow, imposição de páginas com SignaStation v.7, Delta Rip, digitalização de imagem, formatos de papéis, conhecimento de impressão e acabamento. Ministro curso de manipulação e fechamento de arquivos em agências de designer.

E-mail: flaviana.nespoli@gmail.com

Ombudsman da Folha defende queda do diploma

O ombudsman da Folha de S.Paulo, Carlos Eduardo Lins da Silva, defende a não obrigatoriedade de graduação em Jornalismo para o exercício da profissão. “Acho que não tem necessidade de quatro anos para ser jornalista. É bom fazer jornalismo, mas não que isso deva ser imposto”, declarou na "Sabatina na Folha", evento realizado nesta segunda-feira (21/09), em São Paulo.

Leitores pedem fim da coluna de Sarney da Folha, diz ombudsman

Izabela Vasconcelos, de São Paulo

Os leitores da Folha de S.Paulo têm cobrado o fim da coluna do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), do jornal. O espaço existe desde que o senador deixou a presidência da República, em 1990, e é publicada todas às sextas-feiras.
“Cerca de 700 leitores enviaram e-mails pedindo o fim da coluna do Sarney. Alguns chegaram a dizer que cancelariam a assinatura do jornal”, contou o ombudsman da Folha, Carlos Eduardo Lins da Silva, na Sabatina na Folha, evento realizado nesta segunda-feira (21/09), em São Paulo.

Fonte: Comunique-se

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Crie um jornal personalizado pelo Twitter

O Twitter Times oferece um serviço que organiza as informações recebidas pelo Twitter. Em vez de listar mensagens em ordem cronológica, a ferramenta cria uma página, com o layout de um site jornalístico, com as informações ordenadas de acordo com a popularidade.
“Um jornal construído para você, em tempo real, baseado na sua comunidade no Twitter”, diz o vídeo de apresentação do serviço.

Com fim do diploma, curso promete formar jornalista em 45 horas

Sérgio Matsuura - Comunique-se

“Diploma não é necessário. Para trabalhar como Jornalista, faça um curso rápido”. É dessa maneira que a empresa Cursos 24 Horas anuncia treinamento para pessoas interessadas em trabalhar com jornalismo na Internet. Com custo de R$ 40 e duração de 45 horas, o curso promete formar “um Cyber Repórter de sucesso”.

http://www.comunique-se.com.br/index.asp?p=Conteudo/NewsShow.asp&p2=idnot%3D53565%26Editoria%3D8%26Op2%3D1%26Op3%3D0%26pid%3D59023730704%26fnt%3Dfntnl

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Pierre Lévy em Passo Fundo

Pierre Lévy em Passo Fundo

PublishNews - Por Redação

A Pré-Jornada de Literatura de Passo Fundo contará com a presença de
um dos mais influentes pensadores da cibercultura, Pierre Lévy. Ele
participa do evento no dia 29 de setembro, na conferência especial
"Rumo a uma civilização de inteligência coletiva", às 19h30, no Centro
de Eventos da Universidade de Passo Fundo. Autor de uma dezena de
obras filosóficas sobre a cultura do mundo virtual e as novas
tecnologias, Lévy é filósofo e realizou seus estudos na França,
doutorou-se em Sociologia e em Ciências da Informação e da
Comunicação. Lecionou em várias universidades de Paris e Montreal e
atualmente é professor da Université du Québec à Trois-Rivières, na
cidade de Quebec, Canadá. É um importante estudioso da vida digital e
das mudanças que as novas tecnologias provocam nas relações humanas. A
Pré-Jornada faz parte da programação que antecede a 13ª Jornada de
Literatura de Passo Fundo, marcada para o período de 26 a
30 de outubro, reunindo grandes nomes da literatura. A entrada é
franca. Confira no link "Leia Mais" outras informações sobre o evento.

Ranking dos automóveis mais agressivos ao meio ambiente vendidos no Brasil

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) divulgou na última terça-feira, 15, um relatório com o ranking dos automóveis mais agressivos ao meio ambiente vendidos no Brasil.

A medição, chamada de Nota Verde, foi baseada nas emissões de monóxido de carbono, hidrocarbonetos e óxidos de hidrogênio. Foram dadas notas de zero a 10; os carros mais eficientes são os que possuem a maior nota.

O veículo mais ecológico dentro de um ranking de 250 automóveis analisados é o Ford Focus 2.0 movido à gasolina, que ganhou avaliação de 9,2. No pé da lista, figurando como o mais poluente, está o Corsa 1.4 à gasolina, da General Motors, com nota de 4,8.

Para ver o relatório completo, basta acessar a página do MMA, ou do Ibama. Confira abaixo o ranking com as 10 melhores e as 10 piores avaliações:

10 mais poluentes:

241º Volkswagen Fox 1.0 (álcool)

242º Peugeot 207 SW 1.4 (gasolina)

243º Volkswagen Kombi-STD, Furgão, Ambul 1.4 (gasolina)

244º Renault Scénic 1.6 (gasolina)

245º GM - Chevrolet Montana 1.4 (gasolina)

246º Renault Scénic 1.6 (álcool)

247º Citroën C3 1.4 (álcool)

248º Citroën Xsara Picasso 1.6 (álcool)

249º Peugeot 307 Sedan 1.6 (álcool)

250º GM - Chevrolet Corsa 1.4s (gasolina)

10 Menos poluentes:

1º Ford Focus 2.0 (gasolina)

2º Honda New Fit EX 1.5 (gasolina)

3º Nissan Tiida 1.8 (gasolina)

4º Honda New Fit LXL 1.4 (gasolina)

5º Ford Edge 3.5 (gasolina)

6º Honda New Fit LX 1.4 (gasolina)

7º Chrysler PT Cruiser 2.4 (gasolina)

8º Fiat Uno 1.0 (álcool)

9º Fiat Uno Way 1.0 (álcool)

10º Honda Civic LXS 1.8 (gasolina)

STF, ANJ e Abert faltam a audiência na Câmara sobre o diploma de Jornalismo

Representantes do Supremo Tribunal Federal (STF), Associação Nacional de Jornais (ANJ) e Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abert), não compareceram à Audiência Pública na manhã desta quinta-feira (17/09), que discutiu o fim da exigência do diploma de Jornalismo para o exercício da profissão.

O presidente da Fenaj, Sérgio Murillo de Andrade, criticou a ausência do STF, ANJ e Abert. “Como sempre, não compareceram. Foi um total desrespeito”. As entidades informaram que a ausência foi motivada por viagens e outros compromissos profissionais. Tanto a ANJ, como a Abert, foram favoráveis à decisão do STF, que pôs fim à obrigatoriedade do diploma de jornalismo para o exercício da profissão.

Fonte: Comunique-se

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Sarney tripudiando sobre ele mesmo...

O presidente do Senado, assombra até mesmo seus adversários ou correligionários. O fato de ir à tribuna deixa a todos perplexos e surpreendidos. Ainda mais para usar chavões, rotina e o linguajar das bobagens consagradas.

“Eu fui eleito”

Diz que “representante do povo sou eu, que fui eleito”. Esquece que foi presidente por eleição sem povo e sem voto. E assim mesmo era o segundo, assumiu pela morte do primeiro.

Ditadura e democracia

Esquecido de que serviu à ditadura durante longos anos, tendo a “sabedoria” de pular a cerca na hora certa, afirmou ontem: “O pior Parlamento é melhor do que nenhum Parlamento”. Desculpem o senador, ele anda cansado e sem memória. Queria dizer: “A mais dura ditadura é melhor do que qualquer democracia”.


Fonte: do Tribuna da Imprensa

Acordo ortográfico

A manchete diz: “O diretor da Fifa, Jerome Valcke, põe o Morumbi em XEQUE”. Mas como ele está envolvido (financeiramente) com a construção de um novo estádio em SP, (Para substituir o Morumbi), a chamada deveria ser assim: “Jerome Valcke põe o Morumbi em CHEQUE”.

Fonte: do Tribuna da Imprensa

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Operação Cavalo de Tróia - J. J. Benitez

Não questiono aqui valor literário ou conceitual dos livros. Para mim são como DVD´s de papel, assim como O Código Da Vinci e a Linha do Tempo. Não há como não ler qualquer um dos volumes e não imaginar uma boa mini-série de várias temporadas. Vale lembrar que, neste caso, falamos de um projeto de difícil realização, principalmente porque a obra não foi publicada nos EUA e segue proibida em vários países pelo mundo... Para quem ainda não esbarrou com eles pela internet vai aí o conceito da história toda.

Os livros falam de uma operação secreta da força aérea americana. Um modelo seguro de viagem no tempo, criada em 1973... Uma operação para acompanhar os últimos dias de Jesus Cristo na Terra.

A partir daí um major que adota o codinome de Jasão e um piloto, chamado no diário de Elizeu voltam no tempo até a época de Jesus Cristo e presenciam os fatos mais marcantes da Sua vida. Fornecem, também, dados da sociedade da época: costumes, leis (principalmente as leis do judaismo), crenças (judaicas e pagãs, geografia, ambiente, etc). Um dos grandes baratos dos livros são as notas de rodapé (mais de 14mil segundo os fãs mais dedicados).

Jasão é escolhido para a operação pelo seu ceticismo e imparcialidade, mas quando encontra Jesus – o Mestre – é tocado profundamente por sua mensagem e a narrativa ganha um tom delicado e humano. A diferença entre os acontecimentos presenciados pelo Major e os narrados nos textos sagrados é enorme, mas compreensível.

Segundo as próprias observações da personagem, os evangelistas nem sempre estavam presentes aos acontecimentos que narraram anos depois e, mesmo quando estiveram, sua formação cultural não permitia que compreendessem totalmente os acontecimentos.

Segundo esta obra, a mensagem de Jesus fala de um Deus Pai sempre bom e generoso. Um Deus que não exige templos nem rituais. Algo que precisa ser vivenciado para ser compreendido, e que não pode ser comprovado, como desejavam os militares (e a ciência).

Mas a pitada final vem na voz do próprio autor. Ele jura de pés juntos que o diário das memórias do Major acabaram em suas mãos e são reais... E estão bem guardados! Narra, inclusive, no primeiro volume, seu encontro com Jasão e a luta que foi conseguir os originais do Diário em suas viagens por México e EUA.

(fontes: http://www.jjbenitez.com/)

Jesus Cristo, Mestre e Senhor de muita luz, inspira fé nas pessoas, não tem jeito. É falar nele e em seu feitos, acreditamos. Ou nos esforçamos em acreditar. Se for para reforçar o bem e boa-vontade inerentes ao Pai Azul, sem problemas, não é?

Mas aconselho moderação na leitura. É apaixonante, empolgante e tão minuciosamente pesquisada que você pode sair por aí acreditando mesmo que em 1973 dois americanos entraram numa cápsula e saíram do outro lado do Universo, a acompanhar os passos do Rabi da Galiléia.

Pra você, amigo, um lembrete: a mensagem Dele é atemporal. Você pode se decidir a segui-la agora mesmo. E Ele estará esperando por você.

Operação Cavalo de Tróia I – Jerusalém = Existirão fronteiras intransponíveis entre o passado, o presente e o futuro? Não será o passado mais do que uma memória? O presente se extinguirá como o passado? E o futuro, já existirá nesse momento? Em seu refúgio no México, no fim da vida, um militar e cientista da Força Aérea norte-americana confia ao autor deste livro documentos que, surpreendentemente, revelam a execução de uma experiência que lhe permitiu voltar no tempo quase dois mil anos e ser testemunha ocular e participante dos últimos dias de Jesus Cristo na Terra, desde sua entrada em Jerusalém até sua prisão, julgamento, crucificação e ressurreição. Esta prodigiosa experiência, batizada pela NASA de “Operação Cavalo de Tróia”, teria sido realizada sigilosamente em 1973, em pleno coração de Israel. O que se segue é um relato, no mínimo impressionante pelos detalhes e minúcias, dos acontecimentos daqueles dias. Testemunha ocular? Imaginação ou realidade? Usando as palavras do próprio autor: “… só o futuro poderá dizer se este relato foi ou não verídico”.

Armas do futuro

A situação do Exército, da Marinha e da Aeronáutica nacionais é dramática. Segundo o comandante do Exército, general de exército Enzo Martins Peri, 70% dos 1.500 blindados da força estão “indisponíveis” e quase 80% deles têm mais de 30 anos de vida. O armamento individual dos soldados, o FAL (Fuzil Automático Leve), tem mais de 40 anos de uso e o Exército “enfrenta séria restrição de munição, o que compromete o adestramento da tropa”. A Aeronáutica está com 37% da frota de 720 aviões sem condições de voar; só recentemente conseguiu substituir os velhos Mirage III por Mirage 2000 usados. De acordo com seu comandante, tenente brigadeiro Junito Saito, depois das aquisições de Chávez – 24 caças supersônicos russos Sukhoi Su-30 –, a FAB se tornou a quarta Força Aérea da região – atrás da Venezuela, do Chile e do Peru. E a Marinha, além de ter metade de seus principais navios sem condições operacionais, precisa reformar os cinco submarinos diesel-elétricos.

Hoje, nove em cada 10 batalhões do Exército vão trabalhar em meio expediente. A tropa inicia as atividades pela manhã e sai antes do almoço. Somente o efetivo para garantir a segurança das instalações é que fica nas unidades.

Aí vem o Lula com a descoberta de mais petróleo, a compra de submarinos franceses, aviões caças, helicópteros armas etc...

O que realmente devemos fazer prá ser uma nação rica, de primeiro mundo, moderna em todos os sentidos, auto-suficiente em todas as áreas e ainda por cima sem guerras e miséria?

TV Globo restringe uso de blogs,Twitter e outras redes sociais

A TV Globo divulgou um comunicado interno na noite desta quinta-feira (10/09), em que restringe o uso de blogs e redes sociais pelos seus contratados. A medida atinge tanto artistas, como jornalistas e outros profissionais da emissora.

“A divulgação e ou comentários sobre temas/informações direta ou indiretamente relacionados às atividades ligadas à Rede Globo; ao mercado de mídia e ao nosso ambiente regulatório, ou qualquer outra informação/conteúdo obtidos em razão do relacionamento com a Rede Globo são vedados, independentemente da plataforma adotada, salvo expressamente autorizada pela empresa”, informa o comunicado.

A Globo também exige autorização prévia para que os contratados possam ter blogs, Twitter e outras redes sociais vinculados a outros veículos de comunicação. “A hospedagem em Portais ou outros sites, bem como a associação do nome, imagem ou voz dos contratados da Rede Globo a quaisquer veículos de comunicação que explorem as mídias sociais, ainda que o conteúdo disponibilizado seja pessoal, só poderá acontecer com prévia autorização formal da empresa”.

Fonte: Comunique-se

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

BIENAL DO LIVRO RIO/2009 E RIO INFO - EVENTOS IMPORTANTES QUE VALORIZAM A ED...

 
 

Enviado para você por RIBEIRO através do Google Reader:

 
 

via 007BONDeblog de 007BONDeblog em 10/09/09


No Riocentro uma festa da cultura, literatura e educação. VIVA O LIVRO !

EndereçoAv. Salvador Allende, 6.555 - Barra da Tijuca, RJ.

Como chegar

Linhas de ônibus: •

Praça XV-Riocentro (268) • Cascadura-Riocentro (757) • Castelo-Riocentro/Redentor (ar condicionado) • Cascadura-Riocentro (749) • Terminal Alvorada (706) • Terminal Alvorada (708)



A Bienal do Livro Rio/2009 é um dos mas importantes eventos literários do Brasil. O livro e seus autores são os grandes destaques desse encontro, e quem gosta de ler tem a oportunidade de participar e conhecer bem de pertinho os seus autores favoritos. O evento também abre portas para novos autores.

O público poderá participar de debates e conversar com personalidades culturais, além de atividades recreativas. O público infantil tem toda uma atividade especialmente preparada para ele. Alunos das Escolas Públicas são convidados especiais.

Compareça, participe, prestigie esse momento especial que é a Bienal do Livro Rio/2009.



Visite o Site e saiba tudo


*****


RIO INFO/2009 DIAS 09, 1O e 11 de setembro de 2009

O evento será no Hotel Intercontinental (Avenida Prefeito Mendes de Moraes, 222 em São Conrado) acontece das 9 às 18 horas.Em sua sétima edição consecutiva, o Rio Info concilia as questões da tecnologia com um grande fórum de negócios e abriga diferentes atividades. Entre elas seminários como o Brasil IT, em que serão discutidas as oportunidades para a TI no mercado mundial de petróleo e gás; o Software Livre, onde haverá debates a respeito da potencialidade do Brasil como centro de excelência no setor. 27 empresas participarão da mostra tecnológica.

CONHEÇA ALGUNS TEMAS ABORDADOS


Visite o site e saiba mais sobre a RIO INFO 2009
http://www.rioinfo.com.br/


*****

 
 

Coisas que você pode fazer a partir daqui:

 
 

A caça aos negócios com os caças

 
 

Enviado para você por RIBEIRO através do Google Reader:

 
 

via Tribuna da Imprensa de Helio Fernandes em 11/09/09

Complicou de vez o negócio dos aviões. Comprado pelo Brasil, vendido pela França, e a cada dia aparecendo mais países interessados, concluíram, é um negócio da China. Ainda com a presença, aqui, do presidente Sarkozy, Lula disse apressadamente: "O negócio está concluído". Não estava.

Em vez de compra e venda, leilão

O Ministro da Defesa não sabia de nada, a FAB estava estudando há anos um outro projeto, o próprio comandante da Aeronáutica também não sabia de nada, evidente que houve descontentamento. Agora os americanos entraram pressionando, no velho estilo que com Obama, parecia superado.

O negócio não sai tão cedo

Terá que haver exame aprofundado das diversas propostas. A Dassault, que acreditava ter fugido da falência, entrou em desespero. Já tendo perdido várias concorrências com firmas dos EUA, festejavam: "Pelo menos ganhamos a última batalha, adeus falência". Não era isso.

Guerra de imprensa na França

Não é nem arriscado dizer: a Dassault vai deixar de fazer essa venda suculenta, e os jornais mais importantes tomam posição contra a Dassault. Motivo principal: a Dassault controla o "Figaro", jornal de extrema direita, mas de grande circulação.

O maior jornal?

Paulo Bitencourth, dono do "Correio da Manhã", me dizia no seu belo apartamento da Avenida Paul Doumerg, Paris: "Helio, é o maior jornal do mundo". Não era e não existe isso.

Na França, quase todos de esquerda

Tirando o "Figaro", a esquerda tem voz privilegiada na França. E como o concorrente é de direita, fazem campanha contra o negócio, consideram explicitamente: "Pode ser um bom negócio, mas a França não depende disso". Golpeiam o concorrente, salvam a pátria.

A questão ficou mais grave, não só na França
mas também no Brasil

A Aeronáutica não trata de outro assunto, diariamente mas não publicamente. Lógico, espera a conclusão. Mas agora surgiu um outro fato importantíssimo: a demissão do Brigadeiro Antonio Hugo Pereira Chaves, que contrariou negócios do presidente de uma firma globalizada, a Alcantara Cyclone Space.

Negócios contra a hierarquia

Esse caso que tramitava pelos bastidores, foi revelado pelo repórter Merval Pereira, num furo espetacular. O que se esperava: que o oficial da FAB, de grande dignidade e credibilidade, fosse respeitado e prestigiado. Acontece que negócios desse vulto, têm mais bordados e galardões do que a farda de um oficial.


 
 

Coisas que você pode fazer a partir daqui:

 
 

Tragédia ortográfica

 
 

Enviado para você por RIBEIRO através do Google Reader:

 
 

via Tribuna da Imprensa de Helio Fernandes em 11/09/09

A Globonews agora dá notícias, numa faixa circulante. Ótimo, mas que redação. Hoje, 12,20: "São 68 o número de municípios". Dói no ouvido e na alma. Por que não escrever: "São 68 os municípios". Doeu?

Insistindo no erro

Logo abaixo: "O governo tem DE fazer". Erradíssimo. Certo: "O governo tem QUE fazer". Depois do verbo ter é sempre QUE e não DE. Isso é usado insistentemente.


 
 

Coisas que você pode fazer a partir daqui:

 
 

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Robert Nesta Marley


Como usar o Google Reader

Para que você possa receber as atualizações dos seus sites preferidos, é necessário se inscrever em um Leitor de Feeds RSS. Há inúmeras opções de programas que executam esta tarefa, mas há um – da poderosa Google – que merece atenção: o Google Reader. Mas... Para que você possa usufruir do Leitor de Feeds, é preciso possuir cadastro, porém isso vale para qualquer outro serviço da Google. Se você já tem, pode ficar tranqüilo, mas se não tiver, é muito fácil e rápido se cadastrar. Para se cadastrar, abra a página do Google Reader e clique em “Criar uma conta Google”.

http://www.google.com.br/reader/view

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Biblioteca Digital Mundial

Estou repassando o endereço da Biblioteca Digital Mundial. Foi aberta terça feira em Paris. segundo me informaram. É da Unesco.
 
Podemos ampliar fotos, assiste documentários, envia manuscritos raros. Passem para os filhos, sobrinhos, netos, amigos...
 
www.wdl.org/pt/


7º Seminário de Responsabilidade Social e Sustentabilidade no Varejo.

Estão abertas as inscrições para o 7º Seminário de Responsabilidade Social e Sustentabilidade no Varejo, que será realizado no dia 28/10 (Quarta Feira), das 14h00 às 18h00.

Confira a programação e faça sua inscrição pelo site www.varejosustentavel.com.br

Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio 2009

Estão abertas até 18 de setembro as inscrições para o 8º Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio. Podem participar estudantes de qualquer curso superior, alunos de pós-graduação lato sensu e profissionais que atuam com projetos de novos produtos e planejamento de gestão para reciclagem de alumínio, com formação superior ou experiência profissional mínima de três anos, sem distinção quanto à categoria funcional. As inscrições devem ser feitas pelo site da Alcoa para as categorias Produtos & Aplicações (tema livre) e Gestão da Reciclagem (com foco na reciclagem de alumínio, resíduos pós-consumo ou gerados na produção de bens de consumo). Os trabalhos serão julgados e premiados separadamente por categoria e modalidade de participação (profissional e estudante).

Congresso Brasileiro de Direito, Contabilidade e Tesouraria do Terceiro Setor

Seguem abertas as inscrições para o 10º Congresso Brasileiro de Direito, Contabilidade e Tesouraria do Terceiro Setor, que será realizado em 2 de outubro, em São Paulo (SP). O evento é uma iniciativa da Econômica Desenvolvimento Empresarial e tem por finalidade debater as principais nuances e mutações legais, contábeis e gestão do TS, além de estabelecer genuína reflexão sobre os possíveis nichos do mercado, seus riscos e impactos, além de formas de gestão eficiente e cases de sucesso que possibilitaram a autossustentabilidade. A programação completa e a ficha de inscrição estão disponíveis on-line.

Qual é a formalidade para que um plano de carreira tenha vigência em uma organização?

O quadro de carreira é a sistematização das possibilidades de ascensão funcional na empresa, de tal forma que as promoções por merecimento e permanência se alternem. É importante que seja homologado pelo Ministério do Trabalho, sob pena de não gerar os efeitos previstos pelo art. 461 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Além disso, é fundamental em um quadro de carreira a alternância na promoção, porque se o merecimento é prerrogativa atrelada à subjetividade do empregador, o acesso por permanência é direito objetivo do empregado. Assim sendo, a implantação de um Plano de Cargos e Salários obriga a instituição ao seu cumprimento, pois passou a integrar o contrato de trabalho, inclusive quanto à aplicação de avaliação de performance mencionada como necessária para a progressão salarial de seus empregados.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

De se tirar o chapéu...

video video video video video

Acervo Jean Manzon

Jean Manzon produziu em meio século de trabalho o maior acervo de documentação fotográfica e cinematográfica já realizado por um só artista, em toda a América Latina. Ao fazê-lo, traçou com precisão uma história "cine-antropológica" do próprio Brasil. Desenvolveu um estilo pessoal inconfundível e, ao mesmo tempo, registrou a vida comum sob pontos de vista inusitados. Suas características estéticas são marcantes, assim como seu apuro técnico. O acervo cinematográfico foi todo produzido em película 35 mm, somando cerca de 600 horas de imagens de alta qualidade, o que o torna um banco de imagens singular em nosso contexto cultural, considerando o custo que esse tipo de película representava para as produções, no período em que foram realizadas.

Veja: http://www.acervojeanmanzon.com.br/

OBS: Recomendo, em vídeos, o "O Transporte dos Cariocas" (10'12").

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Jornalismo e imaginário: lançamento no congresso da intercom

O Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC tem a satisfação de convidar para o lançamento do livro O sonho da casa no campo: jornalismo e imaginário de leitores urbanos (Florianópolis, PosjorUFSC/Editora Insular, 2009), da professora Gislene Silva, que acontecerá durante o Publicom, no XXXII Congresso da Intercom, em Curitiba.

Local: Publicom - sábado 05/set, na Biblioteca da Universidade Positivo, Curitiba.

Partindo da pesquisa feita com leitores da revista Globo Rural que residem na cidade de São Paulo e não possuem nenhum tipo de propriedade no meio rural, o estudo tem como propósito apreender os movimentos do imaginário do leitor urbano no sonho mítico com a casa no campo e, por meio desse imaginário, contribuir para o debate das conexões entre campo e cidade e para o entendimento da interação entre sujeitos e produtos culturais simbólicos, no cotidiano urbano contemporâneo. Diante da complexa relação do homem com a natureza e da condição histórica vivida na metrópole paulistana nesta virada de século, percebe-se que, ao sonhar com a casa no campo, os leitores urbanos da revista não apenas se voltam para as memórias de um passado, vivido real ou arcaicamente junto ao mundo natural. No tempo presente, eles tecem uma crítica profunda ao modelo civilizatório da urbanidade da metrópole e, olhando para frente, imaginam um futuro melhor longe da violência, do trânsito pesado e da poluição, num lugar onde se realizaria o desejo de um o convívio mais harmonioso e solidário com a natureza e com os outros homens. Esta investigação, no âmbito da recepção midiática e da narrativa cultural potente em sua dimensão simbólico-mítica e imaginária, se dá no diálogo do Jornalismo com a Antropologia.

Apresentação:

Onde eu possa ficar do tamanho da paz

Enganam-se aqueles que pensam que os leitores da revista Globo Rural são apenas fazendeiros ou sitiantes preocupados com seus negócios ou sua sobrevivência. Muitos deles nunca tiveram ou vão ter um palmo de terra. Mal têm um jardim, alguns vasos de planta ou um bicho de estimação. Vivem, muitas vezes, em apartamentos comprimidos pelo adensamento das construções da metrópole, nos quais bate pouco sol, mas cujas janelas se abrem para um sonho, o da casa no campo, tão bem cantado pelo recém falecido compositor Zé Rodrix. Lá sim, lá tem muito sol, muito espaço, enormes áreas verdes, água em abundância, fruta no pé, fogão a lenha, comida caseira, gente amiga e toda a paz e aconchego que a cidade grande insiste em negar.

O trabalho de Gislene Silva revela o quanto a leitura das revistas e a audiência da mídia em geral repousam sobre essa espécie de consumo desejante e imaginado, atualizado, por vezes, em pequenos gestos e aquisições. Quantos leitores de revista sobre surf nunca surfaram? Quantas leitoras de revistas femininas, leitores de revistas de esportes e aventura folheiam suas páginas sonhando acordados? Movida por esta percepção inicial, a autora partiu em busca do depoimento dos leitores urbanos da revista Globo Rural e, com muita sensibilidade, soube ouvir suas histórias, dilemas e expectativas e deixá-los falar por meio de seu texto. Na Antropologia, na História, na Filosofia buscou as referências para entender e interpretar de maneira cuidadosa e inteligente o apego desse leitor à revista e ao universo rural. Mas, o melhor de tudo é que Gislene, como boa mineira, deu conta disto num texto extremamente agradável, como quem está contando causos, sem permitir que, ao longo da análise, as histórias e sonhos dos leitores perdessem o seu sabor.

Fonte: Maria Celeste Mira - O livro também pode ser buscado no site da editora: www.insular.com. br

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Prêmio Citi Melhores Microempreendimentos

Encerram-se em 10 de setembro as inscrições para o Prêmio Citi Melhores Microempreendimentos. Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), Sociedades de Crédito ao Microempreendedor (SCM) e instituições financeiras ou organizações não-governamentais parceiras de instituições financeiras ou OSCIPs, que mantenham formalmente programa de concessão de microcrédito, podem inscrever microempreendimentos de sucesso. A premiação destinará mais de R$ 50 mil em dinheiro a nove empreendedores em três categorias subdivididas por faturamento anual (até R$ 60 mil, de R$ 60 mil a R$ 120 mil e de R$ 120 mil a R$ 240 mil).

Prêmio IBGC de Governança Corporativa

O Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) abriu inscrições para a edição 2009 do Prêmio IBGC de Governança Corporativa. Os interessados podem se inscrever até 11 de setembro de 2009. O objetivo do prêmio é reconhecer a atuação de empresas e agentes de mercado em quatro categorias: Empresas Não-Listadas e Inovação em Governança Corporativa, para as quais as empresas devem se inscrever; e Empresas Listadas e Evolução em Governança Corporativa, categorias que não requerem inscrição. Os benefícios da participação vão além da possibilidade de premiação, por se tratar de uma oportunidade que a organização tem de avaliar o nível de suas práticas de Governança Corporativa. Trata-se de umchecklist que produz resultados por si só.

4ª Mostra Amazônica do Filme Etnográfico

Seguem abertas, até 15 de setembro, as inscrições para a 4ª Mostra Amazônica do Filme Etnográfico, que acontecerá em Manaus (AM), de 27 a 31 de outubro. São aceitos filmes etnográficos e documentários realizados na Amazônia Internacional, nos últimos cinco anos, em qualquer formato e tempo de duração. A mostra é realizada pelo Núcleo de Antropologia Visual (Navi), da Universidade Federal do Amazonas, com o objetivo de difundir e a incentivar a discussão sobre o filme documentário e etnográfico realizado na Amazônia e a promoção do diálogo entre produtores e pesquisadores.

As horas in itinere são devidas pela organização quando é fornecida condução ao funcionário?

Em conformidade com a súmula n° 90 da Suprema Corte Trabalhista, não basta a dificuldade de acesso ao local de trabalho, tampouco o fornecimento de condução por parte do empregador para a caracterização das horas in itinere. Além dos referidos pressupostos, é importante que haja a ausência de transporte público, devendo-se entender como ausência a falta de compatibilidade deste serviço com a jornada de trabalho dos empregados locais, de modo que não lhes permita a sua utilização para garantir sua presença no horário contratado ou para o retorno à residência logo após o seu término.

Turbine seu Twitter!

Conheça novos aplicativos para tirar melhor proveito da ferramenta
Desenhos, lembretes, compartilhamento de arquivos e até chat online. Tudo isso pode ser feito pelo Twitter! Assista ao vídeo e descubra as novas funções da ferramenta.


Bolsa familia por Lula em 2000 e 2009...

video

PRÉ-SAL

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Queda da exigência do diploma extingue curso de Jornalismo da Facamp

A Facamp (Faculdades de Campinas), do interior de São Paulo, acabou com o curso de Jornalismo oferecido desde 2002 pela instituição. De acordo com a direção da faculdade, a decisão foi motivada pelo fim da exigência de diploma de jornalismo para o exercício da profissão, medida aprovada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no mês de junho.

“A recente abolição da obrigatoriedade do diploma de jornalista para o exercício dessa profissão impôs a reorientação dos cursos de jornalismo do Brasil”, afirma a nota distribuída aos alunos.

A graduação em Jornalismo já foi retirada da página da instituição, que não abriu novas vagas para o vestibular 2010 na área. Apesar da decisão, as turmas atuais serão mantidas até a formação, em 2012.

No comunicado, a Facamp informou que pretende criar um curso pós-graduação em Jornalismo e ressaltou que continuará investindo na área. “A formação de jornalistas de alto nível comprometidos com o interesse público continua sendo um objetivo fundamental desta instituição de ensino”.

O curso oferecido pela faculdade chegou a obter o conceito cinco no Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) em 2006, o mais alto dado pelo Ministério da Educação. Dados divulgados pelo MEC ontem (31/08), apontam a Facamp como a 12º melhor instituição de ensino superior do Brasil.

A mensalidade da graduação em Jornalismo é de cerca de R$ 2 mil. Com o fim do curso, a faculdade continua oferecendo graduações em Administração, Design, Direito, Economia, Engenharia da Produção, Propaganda e Marketing e Relações Internacionais.

Fonte: Comunique-se

Postagens populares